Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Diniz promete reformulações para corrigir desempenho do Fluminense

Técnico admite má fase do Tricolor em 2024 e afirma que time está devendo atuações melhores aos torcedores: 'Temos que melhorar'

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Lucas Merçon/Fluminense

O técnico Fernando Diniz admitiu a má fase e desempenho do Fluminense em 2024. Em entrevista coletiva após a derrota por 1 a 0 para o Botafogo, pelo Brasileirão, o treinador destacou que o clube carioca está devendo melhores atuações ao torcedor.

“Os times nos estudam. Mas o que mais me preocupa hoje é a falta de condição de fazer o melhor que a gente pode. Hoje o Botafogo jogou bem, está num momento bom. Jogou num campo que favorece a ele. Mas a minha maior preocupação é fazer o Fluminense jogar o melhor possível. Vamos reformular de acordo com o melhor que a gente pode. Estamos longe de fazer aquilo que fazíamos em 2022 e 2023. Não está faltando trabalho de maneira nenhuma. Em momentos de baixa, temos que melhorar. Estamos devendo ao torcedor”, disse o treinador.

Melhor no 2º tempo

Publicidade

Diniz definiu o início do segundo tempo como o melhor momento do Fluminense no jogo contra o Botafogo.

“No segundo momento, nesse momento que a gente tava um pocuo melhor no jogo, a gente acabou tomando o gol. Depois eles se retraíram um pouco mais e a gente não conseguiu criar oportunidades de gol. Não houve surpresas táticas no jogo, é um time que a gente sabia que ia subir um pouco mais a marcação e eles iam jogar de uma maneira mais alongada, jogadores rápidos e altos na frente”, destacou.

Publicidade

Bola aérea

Além disso, o Fluminense sofreu mais um gol de bola aérea na temporada, o que se tornou uma forte dor de cabeça. O técnico Fernando Diniz, aliás, destacou que treino realizado diariamente.

Publicidade

“Tá sendo treinado e muito. O Botafogo teve outras maneiras de fazer gol na gente, especialmente de transição e bola longa. Mas bola parada a gente treinou sistematicamente para não tomar gol. Foi uma falha coletiva, mais uma que a gente tem na temporada, de bola aérea”, disse.

Reforços

Por fim, o treinador do Fluminense destacou que o atual elenco pode superar a má fase e conquistar bons resultados. No entanto, Diniz também deixou em aberto a possibilidade de contratações.

“Elenco nunca tá fechado, mas o problema não é contratação. Problema tá aí, a solução aqui. Se fosse contratar um ou outro jogador, seria fácil. Fluminense não é isso. Os jogadores que tão aí são jogadores que em 2022 jogaram muito bem, ficaram em terceiro, quase em segundo. No ano passado ganharam dois títulos, já ganhou um título esse ano. A base tá toda aí dos jogadores. São extremamente capazes de fazer e produzir mais. Acredito muito no que a gente tem aqui”, finalizou.

Com o resultado, o Fluminense perde uma colocação na tabela do Brasileiro e agora é 16º, com seis pontos somados em 24 possíveis. Inclusive, o Tricolor pode voltar à zona de rebaixamento do torneio nacional, visto que o Criciúma só entra em campo na quinta-feira, contra o Athletico.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.