Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Diniz não escalou Marcelo contra o Santos. E explicou o motivo

Lateral chegou ao seu segundo jogo consecutivo sem atuar pelo Fluminense. Mas deve retornar contra o Argentinos Juniors, pela Liberta...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10 Mailson Santana/Fluminense FC/Mailson Santana/Fluminense FC

Na vitória do Fluminense sobre o Santos no Maracanã, no sábado (29), o técnico Fernando Diniz optou por deixar alguns titulares, como Keno, Lima, Ganso e Marcelo. O lateral-esquerdo, no entanto, chegou ao seu segundo jogo sem atuar, já que também não enfrentou o Coritiba, na rodada anterior. Assim, o treinador explicou o motivo pelo qual utilizou o trio e deixou Marcelo no banco de reservas até o fim da partida contra o Peixe.

“(Estratégia) De fato foi poupar esses jogadores. Alguns vinham numa sequência grande, caso do Lima, que jogou 90 minutos quase todas as partidas. Keno saiu com cãibra lá em Coritiba e teve lesão importante dois meses atrás. O Ganso quando podemos usar essa estratégia de deixar. Temos jogadores para substituir. O Marcelo tinha a estratégia de começar jogando, mas teve uma carga de treino essa semana. Ele em algum momento acusou um pouco de desconforto e eu achei melhor. Ele se colocou à disposição para jogar. Ia entrar se a gente não faz o gol. Eu não quis assumir o risco de começar com ele hoje e acontecer alguma coisa de lesão”, explicou Fernando Diniz.

Dessa forma, a expectativa é que Marcelo inicia a partida contra o Argentinos Juniors na terça-feira, em Buenos Aires, entre os titulares. Similarmente, Keno, Lima e Ganso também devem configurar o time inicial.

Números de Marcelo na temporada

No Fluminense desde fevereiro, Marcelo disputou 14 jogos com a camisa tricolor. Neste período, marcou um gol e deu uma assistência. Mas, além desses dados, a presença do lateral-esquerdo vem sendo fundamental na saída de bola e construção de jogo da equipe de Diniz, além de contribuir no último terço do campo. Outro fator que é unânime entre os tricolores é a importância da experiência do jogador com atletas mais jovens, durante os jogos e também nos treinamentos.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.