Jogada 10 Diniz exalta elenco e explica conversa com Guardiola: ‘Gostou dos mais jovens’

Diniz exalta elenco e explica conversa com Guardiola: ‘Gostou dos mais jovens’

Treinador diz que atletas estão de parabéns pelo ano que tiveram e revela que espanhol conhecia alguns jogadores do elenco tricolor...

Jogada 10
- Foto: Divulgação / Fluminense

- Foto: Divulgação / Fluminense

Jogada 10

O Fluminense desembarcou neste sábado (23), às 13h40 (de Brasília) no Rio de Janeiro após o vice do Mundial de Clubes. Assim, Fernando Diniz revelou como foi a conversa com Guardiola, técnico do Manchester City, após o apito final. O treinador tricolor afirmou que o comandante espanhol gostou dos jovens da equipe brasileira.

“Guardiola gostou dos mais jovens. Outros já conhecia, como Marcelo e Felipe Melo. Mas ele gostou dos nossos jovens jogadores”, disse Fernando Diniz.

Além disso, o treinador explicou que foi uma conversa rápida, em que Guardiola falou sobre a seleção e jogadores do Fluminense. Diniz também disse que o espanhol reconheceu o domínio tricolor por alguns minutos.

“Conversa foi sobre amenidades, foi sobre a Seleção, jogadores do Fluminense que ele gostou, jeito de jogar. O mais agradável foi na própria entrevista coletiva dele, onde ele reconheceu que houve um domínio por alguns minutos sobre o Manchester City. Para todo mundo, quem trabalha no clube e para o torcedor, o sonho era a Libertadores”, explicou.

+ Leia mais: Nino deixa futuro em aberto no Fluminense “Próximos dias serão fundamentais’

“Depois, tivemos muitos poucos dias para o Mundial. Gastamos nosso tempo para estudar para o Al Ahly, depois o Manchester City. Mas a nossa equipe está de parabéns pelo ano”, concluiu.

Elenco de parabéns

O treinador também fez um balanço sobre a temporada e ressaltou que o elenco lutou bravamente na decisão do Mundial e teve momentos brilhantes dentro da partida mesmo com a goleada.

“Mas foi um ano espetacular. Acho que o sonho maior de todo tricolor era a conquista da Libertadores e aconteceu. Teve também o grande Carioca, que foi fantástico. Uma goleada inesquecível em um domingo de Páscoa, com uma grande virada. E o futebol que a equipe apresentou. Ano de afirmação do Alexander, do próprio Martinelli. Também de André e Nino, que se tornaram jogadores de seleção, a artilharia do Cano, a maneira como o Felipe Melo terminou a temporada. A vinda do Marcelo, que nos ajudou tanto”, frisou, antes de completar:

“Acho que a equipe toda está de parabéns. A conexão com a torcida foi sem palavras. Talvez essa conexão tenha sido o nosso grande craque durante a temporada. Infelizmente, a gente não conseguiu ganhar o Mundial. Mas a equipe lutou bravamente na final. Enfrentamos um time poderoso e tomamos um gol muito cedo. Mas a equipe não se acovardou em nenhum momento e soube jogar com dignidade. Mesmo perdendo o jogo por 4 a 0, teve momentos brilhantes dentro da partida”, elogiou.

Desembarque tricolor

O elenco do Fluminense desembarcou por volta das 13h40 (de Brasília), deste sábado (23). Assim, a equipe mediu forças com o Manchester City, mas sucumbiu ao ser goleada por 4 a 0 na decisão do Mundial de Clubes. Ao longo do desembarque, vindo da Arábia Saudita, os atletas saíram por uma  porta lateral no saguão do aeroporto do Galeão.

Com o vice-campeonato, o clube carioca receberá R$ 20 milhões de premiação no Mundial de Clubes. O elenco, portanto, entra de férias e se reapresenta em meados de janeiro para mais uma temporada. Assim, a reapresentação contará com duas novidades, no momento. O zagueiro Antônio Carlos, que pertencia ao Orlando City, dos Estados Unidos (já anunciado), e o meia Renato Augusto, ex-Corinthians.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas