Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Dia Internacional da Mulher: Brasil está fora do mapa mundial do futebol feminino

Dia Internacional da Mulher: Brasil está fora do mapa mundial do futebol feminino

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março, o site SportsMKT publicou dados que mostram como o Brasil e a a Conmebol estão muito atrasados em relação aos investimentos no futebol feminino. - Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março, o site SportsMKT publicou dados que mostram como o Brasil e a a Conmebol estão muito atrasados em relação aos investimentos no futebol feminino. - Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA Neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março, o site SportsMKT publicou dados que mostram como o Brasil e a a Conmebol estão muito atrasados em relação aos investimentos no futebol feminino. - Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA Jogada 10 - Galerias
O texto de Amir Somoggi, especialista em marketing e gestão esportiva, aponta a importância de canalizar recursos para o esporte praticado por mulheres. - Foto: Divulgação/São Paulo
O texto de Amir Somoggi, especialista em marketing e gestão esportiva, aponta a importância de canalizar recursos para o esporte praticado por mulheres. - Foto: Divulgação/São Paulo O texto de Amir Somoggi, especialista em marketing e gestão esportiva, aponta a importância de canalizar recursos para o esporte praticado por mulheres. - Foto: Divulgação/São Paulo Jogada 10 - Galerias
De acordo com a empresa de consultoria Deloitte, o esporte feminino mundial registrou um salto significativo de faturamento entre 2022 e 2024 (88%). - Foto: Reprodução/Instagram
De acordo com a empresa de consultoria Deloitte, o esporte feminino mundial registrou um salto significativo de faturamento entre 2022 e 2024 (88%). - Foto: Reprodução/Instagram De acordo com a empresa de consultoria Deloitte, o esporte feminino mundial registrou um salto significativo de faturamento entre 2022 e 2024 (88%). - Foto: Reprodução/Instagram Jogada 10 - Galerias
O faturamento passou de 692 milhões de dólares (perto de R$ 3,5 bilhões na cotação atual) em 2022 para 1,3 bilhão de dólares (R$ 6,5 bilhões) em 2024. - Foto: Thais Magalhães/CBF
O faturamento passou de 692 milhões de dólares (perto de R$ 3,5 bilhões na cotação atual) em 2022 para 1,3 bilhão de dólares (R$ 6,5 bilhões) em 2024. - Foto: Thais Magalhães/CBF O faturamento passou de 692 milhões de dólares (perto de R$ 3,5 bilhões na cotação atual) em 2022 para 1,3 bilhão de dólares (R$ 6,5 bilhões) em 2024. - Foto: Thais Magalhães/CBF Jogada 10 - Galerias
Basquete, futebol e tênis são as três modalidade que mais faturam no esporte feminino mundial, considerando três itens: comercial, transmissão e matchday. - Foto: Divulgação/Brasil-CBB
Basquete, futebol e tênis são as três modalidade que mais faturam no esporte feminino mundial, considerando três itens: comercial, transmissão e matchday. - Foto: Divulgação/Brasil-CBB Basquete, futebol e tênis são as três modalidade que mais faturam no esporte feminino mundial, considerando três itens: comercial, transmissão e matchday. - Foto: Divulgação/Brasil-CBB Jogada 10 - Galerias
A maior fatia está com o futebol feminino (555 milhões de dólares), seguido por basquete (354 milhões) e tênis (65 milhões). - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc
A maior fatia está com o futebol feminino (555 milhões de dólares), seguido por basquete (354 milhões) e tênis (65 milhões). - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc A maior fatia está com o futebol feminino (555 milhões de dólares), seguido por basquete (354 milhões) e tênis (65 milhões). - Foto: Rubens Chiri/saopaulofc Jogada 10 - Galerias
Um dado estarrecedor sobre o futebol feminino mostra como o Brasil está atrasado na valorização da modalidade. - Foto: Portal Corinthians Futebol Feminino/Divulgação
Um dado estarrecedor sobre o futebol feminino mostra como o Brasil está atrasado na valorização da modalidade. - Foto: Portal Corinthians Futebol Feminino/Divulgação Um dado estarrecedor sobre o futebol feminino mostra como o Brasil está atrasado na valorização da modalidade. - Foto: Portal Corinthians Futebol Feminino/Divulgação Jogada 10 - Galerias
O Brasil está fora do mapa mundial elaborado pela Fifa de jogadoras profissionais registradas (mais de cem mil atletas). - Foto: Divulgação/FIFA
O Brasil está fora do mapa mundial elaborado pela Fifa de jogadoras profissionais registradas (mais de cem mil atletas). - Foto: Divulgação/FIFA O Brasil está fora do mapa mundial elaborado pela Fifa de jogadoras profissionais registradas (mais de cem mil atletas). - Foto: Divulgação/FIFA Jogada 10 - Galerias
De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 108,7 milhões de mulheres. Apesar disso, fica atrás de países bem menores nesse mapa mundial da Fifa. - Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 108,7 milhões de mulheres. Apesar disso, fica atrás de países bem menores nesse mapa mundial da Fifa. - Foto: Wilson Dias/Agência Brasil De acordo com os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 108,7 milhões de mulheres. Apesar disso, fica atrás de países bem menores nesse mapa mundial da Fifa. - Foto: Wilson Dias/Agência Brasil Jogada 10 - Galerias
Segundo levantamento da Sports Value, o número de jogadoras brasileiras registradas equivale a menos de 0,01% da população feminina do país. - Foto Gustavo Martins/Cruzeiro Feminino
Segundo levantamento da Sports Value, o número de jogadoras brasileiras registradas equivale a menos de 0,01% da população feminina do país. - Foto Gustavo Martins/Cruzeiro Feminino Segundo levantamento da Sports Value, o número de jogadoras brasileiras registradas equivale a menos de 0,01% da população feminina do país. - Foto Gustavo Martins/Cruzeiro Feminino Jogada 10 - Galerias
São menos de 12 mil as atletas profissionais brasileiras registradas, um número muito baixo. - Foto: Vitor Silva/Botafogo.
São menos de 12 mil as atletas profissionais brasileiras registradas, um número muito baixo. - Foto: Vitor Silva/Botafogo. São menos de 12 mil as atletas profissionais brasileiras registradas, um número muito baixo. - Foto: Vitor Silva/Botafogo. Jogada 10 - Galerias
Os Estados Unidos lideram essa estatística com mais de um milhão de atletas registradas. - Foto: Agência Brasília/Wikimedia Commons
Os Estados Unidos lideram essa estatística com mais de um milhão de atletas registradas. - Foto: Agência Brasília/Wikimedia Commons Os Estados Unidos lideram essa estatística com mais de um milhão de atletas registradas. - Foto: Agência Brasília/Wikimedia Commons Jogada 10 - Galerias
A Noruega, país da Escandinávia na Europa setentrional, tem o maior percentual de atletas registradas em relação à sua população feminina: 3,8%. - Foto: Threepointfourteen/Wikimedia Commons
A Noruega, país da Escandinávia na Europa setentrional, tem o maior percentual de atletas registradas em relação à sua população feminina: 3,8%. - Foto: Threepointfourteen/Wikimedia Commons A Noruega, país da Escandinávia na Europa setentrional, tem o maior percentual de atletas registradas em relação à sua população feminina: 3,8%. - Foto: Threepointfourteen/Wikimedia Commons Jogada 10 - Galerias
O Brasil é o terceiro país com mais praticantes de futebol feminino (17%), atrás apenas de México (22%) e Índia (23%). Os dados são do site de coleta de dados Statista. - Foto: Vitor Silva/Botafogo.
O Brasil é o terceiro país com mais praticantes de futebol feminino (17%), atrás apenas de México (22%) e Índia (23%). Os dados são do site de coleta de dados Statista. - Foto: Vitor Silva/Botafogo. O Brasil é o terceiro país com mais praticantes de futebol feminino (17%), atrás apenas de México (22%) e Índia (23%). Os dados são do site de coleta de dados Statista. - Foto: Vitor Silva/Botafogo. Jogada 10 - Galerias
Para se ter uma ideia, os Estados Unidos, líderes em atletas profissionais registradas, tem 10% de suas mulheres praticantes de futebol. - Foto: Anthony Quintano/Wikimedia Commons
Para se ter uma ideia, os Estados Unidos, líderes em atletas profissionais registradas, tem 10% de suas mulheres praticantes de futebol. - Foto: Anthony Quintano/Wikimedia Commons Para se ter uma ideia, os Estados Unidos, líderes em atletas profissionais registradas, tem 10% de suas mulheres praticantes de futebol. - Foto: Anthony Quintano/Wikimedia Commons Jogada 10 - Galerias
Ou seja, o interesse por futebol feminino no Brasil é grande, porém faltam investimentos estruturantes na modalidade. - Foto: Images Woman/CBF
Ou seja, o interesse por futebol feminino no Brasil é grande, porém faltam investimentos estruturantes na modalidade. - Foto: Images Woman/CBF Ou seja, o interesse por futebol feminino no Brasil é grande, porém faltam investimentos estruturantes na modalidade. - Foto: Images Woman/CBF Jogada 10 - Galerias
A falta de investimentos no futebol feminino é um mal que afeta toda a América do Sul. A Conmebol é a confederação que menos direciona recursos para recursos para a modalidade. - Foto: Divulgação/Conmebol
A falta de investimentos no futebol feminino é um mal que afeta toda a América do Sul. A Conmebol é a confederação que menos direciona recursos para recursos para a modalidade. - Foto: Divulgação/Conmebol A falta de investimentos no futebol feminino é um mal que afeta toda a América do Sul. A Conmebol é a confederação que menos direciona recursos para recursos para a modalidade. - Foto: Divulgação/Conmebol Jogada 10 - Galerias
Enquanto a Uefa, da Europa, investe por ano 99 milhões de dólares, a Conmebol destina apenas 2,5 milhões, um abismo de diferença. África e Ásia gastam mais que a confederação sul-americana. - Foto: Divulgação
Enquanto a Uefa, da Europa, investe por ano 99 milhões de dólares, a Conmebol destina apenas 2,5 milhões, um abismo de diferença. África e Ásia gastam mais que a confederação sul-americana. - Foto: Divulgação Enquanto a Uefa, da Europa, investe por ano 99 milhões de dólares, a Conmebol destina apenas 2,5 milhões, um abismo de diferença. África e Ásia gastam mais que a confederação sul-americana. - Foto: Divulgação Jogada 10 - Galerias

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.