Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

De volta, Coudet é apresentado no Inter e cutuca Rodrigo Caetano

Coudet retorna ao Inter após três anos e afirma que manteve sua palavra; ele ainda alfinetou Rodrigo Caetano, ex-gerente de futebol...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

O argentino Eduardo Coudet voltou oficialmente ao Inter e foi apresentado nesta sexta-feira (21) pelo clube. O treinador comandou seu primeiro treino durante a tarde e, posteriormente, deu uma entrevista coletiva aos jornalistas. Foi o retorno do treinador ao clube depois de quase três anos.

O treinador falou sobre sua saída do clube, em novembro de 2020. O Colorado era, então, o líder do Brasileirão, que acabaria por perder por um ponto, para o Flamengo. Coudet afirmou que não fechou com o Celta de Vigo, da Espanha, antes de comunicar sua saída ao então presidente Marcelo Medeiros, que não teria dado ao treinador os reforços que ele pediu na reta final da competição.

“Quando saí, falei que a verdade sempre se descobre, no futebol. Não estava fechado com o Celta e tomei uma decisão enquanto achava que não cumpriram com algo que o grupo precisava. Não falei quando saí daqui, nem falei quando saí do Galo. Mas se continuei uma relação com gente daqui e do Atlético, quer dizer que fiz bem as coisas”, disse Coudet, que aproveitou para alfinetar Rodrigo Caetano, gerente de futebol com quem trabalhou no Inter e, posteriormente, no Atlético-MG, seu último clube:

“Passei por dois clubes em que não pude completar o contrato, mas continuo falando com gente de lá e estou aqui novamente. Talvez, eu tenha tido a má sorte de cruzar com uma mesma pessoa, nos dois clubes. Palavra tem que se cumprir. Falei que tinha uma dívida e aqui estou”.

Publicidade

Coudet espera superar desconfiança

Embora ainda tenha muitos torcedores colorados como seus críticos, Coudet espera reconquistar a confiança deles. Ele admite que sua saída pode ter desapontado alguns e reconhece uma dívida com os mesmos, mas afirma que trabalhará incessantemente para levar o time a uma temporada de sucesso em Porto Alegre.

“Nunca critiquei o grupo do Galo. Eles têm um grupo com muita qualidade, são grandíssimas pessoas com quem adorei trabalhar. Mas entendo o torcedor. Quem sabe algumas pessoas aqui ficaram com raiva, mas tentarei convencê-los. Tenho uma dívida e espero poder pagar com vitórias e um bom trabalho”, afirmou.

Publicidade

A reestreia de Coudet pelo Internacional será neste domingo (23), contra o Bragantino, fora de casa, pelo Brasileirão.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.