Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

De La Cruz cita música do Flamengo, relembra final de 2019 e mira título da Libertadores

Uruguaio é um dos principais reforços do Flamengo para 2024 e uma das esperanças da torcida rubro-negra para disputa da Libertadores...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Fotos: Marcelo Cortes e Gilvan de Souza/CRF
Fotos: Marcelo Cortes e Gilvan de Souza/CRF Fotos: Marcelo Cortes e Gilvan de Souza/CRF (Jogada 10)

De La Cruz mal chegou ao Flamengo e já está adaptado ao Rio de Janeiro. O meio-campista é um dos reforços do clube para 2024 e tem sido muito bem recebido pela torcida rubro-negra. O uruguaio já disputou jogos no Rio de Janeiro, em Belém (Pará) e em Orlando (EUA).

“Estão loucos da cabeça, são muito passionais, vivem de uma forma muito particular. Me demonstraram muitíssimo carinho no momento em que cheguei e inclusive antes de chegar. Me “coparam” nas redes sociais, pedindo para que eu viesse”, disse De La Cruz em entrevista feita no “Content Day”, da Conmebol.

LEIA MAIS: Flamengo chega na Libertadores com missão de apagar fantasmas do passado

Músicas do Flamengo

Aliás, De La Cruz já disputou alguns jogos no Maracanã, mas ainda não aprendeu nenhuma música da torcida. A única canção que ficou marcada na memória do meio-campista é “amor maior não tem igual”. A letra rubro-negra se espelha em um ritmo argentino que ganhou fama na Copa do Mundo de 2014.

Publicidade

“Não pude aprender nenhuma letra, sei que há uma que é muito parecida com uma canção que se canta na Argentina, mas depois não aprendi a letra. Creio que é uma música que a Argentina cantou ao Brasil. Com esse ritmo, pode ser? É a que mais me chamou atenção, mas não entendo a letra ainda”, revelou De La Cruz.

LEIA MAIS: Definidas datas e horários dos jogos do Flamengo na Libertadores

Publicidade

Título da Libertadores

De La Cruz está próximo de disputar uma final de Campeonato Carioca e também busca um título da Libertadores em 2024. O meio-campista, por sinal, pertencia ao River Plate em 2019 e participou da final épica diante do Flamengo. A equipe rubro-negra venceu de virada por 2 a 1, com dois gols de Gabigol no fim.

“Eles tinham sofrido pouco e com a gente sofreram mais do que realmente haviam sofrido durante a Libertadores. Obviamente que agora há a expectativa de conquistá-la também com os que me fizeram sofrer em 2019 (risos). Eles me fizeram chorar um pouquinho porque ninguém gosta de perder, ainda mais uma final da Libertadores”, afirmou De La Cruz.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.