Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Cuca cita discussão entre zagueiro e dirigente no vestiário do Athletico

Treinador alega que agiu com o coração ao pedir para sair do Furacão, cita briga que ocorreu entre atleta e gestor e nega ida ao Cruzeiro...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: José Tramontin/Athletico

O técnico Cuca, que recentemente deixou o Athletico, revelou nesta terça-feira (25) uma discussão no vestiário do Furacão após o empate contra o Corinthians no último domingo, na Ligga Arena, casa do clube do Paraná. Ele deixou o clube após esse jogo.

Cuca explicou que essa discussão motivou sua saída do clube paranaense e ocorreu entre o zagueiro Thiago Heleno e o gestor de futebol Paulo Miranda.

“O vestiário é sagrado. O treinador pega a palavra e agradecemos, independente do resultado. Naquele momento, Thiago Heleno e Paulo Miranda, sendo uma excelente pessoa, do bem e muito útil no Athletico, discutiam. Uma cobrança, o jogador retrucando, e eu senti que ia desandar. Se você deixa desandar, não é o comandante. E eu falei: ‘Quando tem um culpado diferente todo jogo, o treinador é o culpado e ele precisa agir. Então, prefiro sair, dar lugar para outra pessoa com mais energia, tirar mais de vocês. Sinto que esse é o momento de sair’. Rezamos e pronto. Foi isso, fiz o que o comandante precisa fazer, chamar a responsabilidade e colocar o cargo à disposição”, relatou Cuca em entrevista à rádio Transamérica.

Todavia, Cuca também comentou sobre a especulação envolvendo seu nome no Cruzeiro. O técnico negou qualquer convite do CEO do clube mineiro, Alexandre Mattos. Eles mantêm boa relação e já atuaram juntos em outros clubes, entre eles, o Palmeiras.

Publicidade

“Isso saiu no meio tempo do jogo, isso é sacanagem, eu sou homem. Nunca tive nenhum contato do Cruzeiro desde que cheguei ao Athletico. Eu não saí do clube para ir para outro. Lá na frente, quando estiver pronto e preparado, sim, terei um novo clube e o Athletico um novo treinador”, resumiu Cuca.

Cuca sai do Furacão com 66% de aproveitamento

Publicidade

Cuca, aliás, deixou o Furacão após 23 jogos no comando técnico, obtendo 14 vitórias, cinco derrotas e quatro empates. Assim, atingiu 66% de aproveitamento.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.