Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Cruzeiro terá novo estádio? Novo gestor comenta situação

Pedro Lourenço fala sobre novo estádio, mas garante que prioridade será arrumar a parte financeira do Cruzeiro

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução

Não é novidade pelos lados de Minas Gerais o sonho do torcedor do Cruzeiro em ter um estádio próprio. A situação ampliou com a construção e inauguração da Arena MRV, por parte do Atlético. A rivalidade, no entanto, é deixada de lado pelo novo gestor da SAF, Pedro Lourenço. Ele acredita que é preciso ter cautela.

De acordo com Pedrinho BH, o estádio do Cruzeiro é o Mineirão, e, portanto, é necessário concentrar atenção e dinheiro em outras situações que chamam mais atenção.

“No momento, nossa preocupação é equalizar o Cruzeiro e não pensar em estádio. É pensar no Mineirão, que já está ali. Você vê, o Mineirão vai fazer aniversário de 60 anos. E o Fábio fez 500 jogos no estádio. Vai ter até uma homenagem. O Mineirão é a casa do Cruzeiro e seria a casa do Atlético”, disse Pedrinho, em entrevista ao “CNN Esportes S/A”.

Publicidade

Para o empresário, o momento é para melhorar a situação financeira do Cruzeiro, que está ainda bastante prejudicada.

“Não estou preocupado com o estádio. Estou preocupado em revitalizar o Cruzeiro. É melhorar as condições do Mineirão. Temos que conversar e entrar em um acordo. Eu não posso brigar com o Mineirão. Eu preciso do Mineirão e ele precisa do Cruzeiro. O Atlético até abandonou (os jogos lá) e foi para o Independência, devido às taxas. O Cruzeiro tem contrato até 2025, mas pretendo melhorar esse contrato. ‘Ah, fazer estádio’. Acho que temos que, antes, achar uma forma de melhorar o contrato com o Mineirão”, completou Pedrinho.

Publicidade

Laços próximos

Sem expectativa de construir um estádio, a ideia de Pedrinho é se aproximar da administração do Mineirão e manter um diálogo cada vez melhor. A ideia, portanto, é ter reuniões com Samuel Lloyd, diretor da Minas Arena, e negociar direitos.

Publicidade

“O Cruzeiro tinha um contrato muito bom na época do Gilvan de Pinho Tavares, e eles conseguiram perder isso. Estamos nessa luta. A relação do Cruzeiro com a Minas Arena não é muito boa. Já tive uma reunião com o Samuel Lloyd. A gente tem que ajustar isso, ver o que pode ser feito. As portas estão abertas com o Samuel. Ele já me procurou e vou conversar com ele”, concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.