Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cotação de criptomoedas do Santos é a terceira maior do mundo

Fan token do Santos foi o que mais se valorizou no último mês e só capitalizou menos que os de Barcelona e Paris Saint-Germain

Jogada 10|

Foto: Divulgação Santos
Foto: Divulgação Santos Foto: Divulgação Santos (Jogada 10)

O Santos faz uma boa campanha no Campeonato Paulista, mas a boa fase também faz diferença fora de campo. Mais especificamente no mercado de criptomoedas. O Peixe atingiu uma cotação histórica e seu fan token se tornou o terceiro maior do mundo em capitalização neste mês, com cerca de US$ 40 milhões (R$ 200 milhões). Os dados são da CoinMarketCap, uma das principais fontes de preços e dados sobre criptomoedas do mundo.

O fan token santista foi emitido em parceria com a Binance, uma das maiores deste mercado. Aliás, o fan token do Santos só perde, em capitalização, para os de Barcelona e Paris Saint-Germain, gigantes europeus. Mas o do Peixe mais que dobrou de valor, com alta de 101% para US$ 9,03, melhor desempenho do mundo, ajudado pela venda de Neymar do Paris ao Al Hilal (o Santos é clube formador, recebe valores pelo negócio e isso irradia na criptomoeda).

“A tecnologia blockchain e de criptomoedas tem uma capacidade enorme de conectar diversos aspectos da vida das pessoas. Permite uma experiência mais intensa e profunda com as paixões dos brasileiros”, afirma Guilherme Nazar, diretor-geral da Binance no Brasil.

No esporte, a Binance é patrocinadora exclusiva de criptomoedas do Brasileirão da Série A e das três divisões do Brasileirão Feminino. Além disso, tem parcerias com a Lazio, da Itália, o Porto, de Portugal, e o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. E também com o jogador português Cristiano Ronaldo, com quem possui coleções exclusivas de NFTs.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.