Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Corinthians encaminha contratação do técnico Ramón Díaz

Timão acerta com o treinador argentino e tem pressa para que o comandante assuma logo equipe; Será terceira experiência de Ramón no...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Leandro Amorim/Vasco

O Corinthians está próximo de finalizar acordo com o técnico Ramón Díaz, de 64 anos. O clube e o treinador discutem detalhes para que o argentino assuma a vaga de António Oliveira, demitido na última semana.

LEIA MAIS: Corinthians acerta renovação de Fagner

Apesar do estágio avançado na negociação, a tendência é que nesta quarta-feira, contra o Vasco, o Corinthians siga sob o comando do técnico interino Raphael Laruccia.

A primeira opção do Corinthians, entretanto, era Fábio Carille, do Santos. O técnico, no entanto, conversou com a diretoria do Peixe e concordou em permanecer na Vila Belmiro. Desta maneira, Ramón Díaz foi a opção mais viável. A diretoria corintiana também teve contato com Diniz, que recusou.

Publicidade

Se confirmado, será a terceira experiência de Ramon Díaz no Brasil. Em 2020, o treinador chegou a ser anunciado como treinador do Botafogo, mas devido a problemas de saúde, enviou seu filho Emiliano para iniciar o trabalho no Alvinegro. Contudo, por falta de resultados, ele acabou demitido 20 dias depois, sem dirigir a equipe.

Já no ano passado, chegou ao Vasco no meio do Brasileirão do ano passado, com o objetivo de livrar a equipe do rebaixamento. Ele conseguiu o feito, mas no ano seguinte não conseguiu repetir o bom desempenho. O argentino acabou demitido após uma goleada para o Criciúma, em pleno São Januário.

Publicidade

Vínculo com o Vasco

Ramón Díaz está livre no mercado desde abril, quando deixou o comando técnico do Vasco. No entanto, o treinador ainda está vinculado ao clube carioca e aparece registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

O imbróglio se dá por causa das versões opostas das duas partes. O Vasco considera que Ramón e seu filho Emiliano Díaz pediram demissão, e o treinador garante que foi demitido.

“Com relação ao Ramon Díaz, juridicamente, a gente espera um acordo bom para ambas as partes. Eu não estava aqui quando aconteceu o episódio, mas a gente respeita muito o Ramón, o Emiliano e toda a comissão. Juridicamente, a gente espera que ninguém se machuque, esperamos um acordo amigável entre as partes”, disse o presidente Pedrinho.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.