Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Com reforços, Vasco bate recorde de gringos, incha e envelhece elenco

Ao fim do ciclo de contratações, comissão técnica passa a ter 37 jogadores à disposição. Por regra, terá que deixar estrangeiros fora...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Tudo indica que Dimitri Payet é o último reforço do Vasco para 2023. Com o francês, portanto, deve chegar ao fim a janela de transferências do meio da temporada, que, aliás, começou em maio com o atacante Serginho. Ao fim do ciclo, o técnico Ramón Díaz passa a ter mais opções, um elenco inchado com 37 nomes, mais maduro e com um recorde histórico de estrangeiros no clube.

Afinal, de quatro gringos no início do ano, o Cruz-Maltino passou a nove. Agora, inclusive, a própria comissão técnica fala espanhol. De acordo com regra da CBF, apenas sete jogadores podem ser relacionados or partidas. Ou seja, dois sempre estarão fora. Hoje, a tendência é que Carabajal, emprestado pelo Santos, siga sem espaço. Do restante, Puma, Capasso e Galarza vivem momentos de baixa e vão disputar uma vaga.

Porém, apesar de somar 25% de estrangeiros, o Vasco é superado pelo São Paulo atualmente, com dez, o último deles foi o astro colombiano James Rodríguez, caso parecido com o que o Cruz-Maltino fez com Payet. Por sua vez, a equipe nunca teve mais do que sete (em 2017). Nem mesmo quando era comum ter portugueses e muitos argentinos e uruguaios no futebol brasileiro, na década de 30 e 40.

Lista de estrangeiros atualizada com Payet:

Puma Rodríguez – lateral-direito uruguaio

Publicidade

Manuel Capasso – zagueiro argentino

Gary Medel – zagueiro/volante chileno

Publicidade

Matías Galarza – meio-campista paraguaio

Gabi Carabajal – meia argentino

Publicidade

Dimitri Payet – meia francês

Luca Orellano – atacante argentino

Sebastian Ferreira – atacante paraguaio

Pablo Veggeti – atacante argentino

Aumentar a média de idade também foi um foco deste período. Isso porque, o grupo vascaíno reagiu mal aos tropeços no início do Brasileirão. A avaliação da diretoria é que os atletas têm potencial, mas faltou maturidade. Aliás, o Vasco disputou com o Red Bull Bragantino o posto de elenco mais jovem da competição, com pouco mais de 22 anos de média.

Agora, com nomes experientes como Gary Medel (35 anos), Maicon (34), Rossi (30 anos) Payet (36) e Vegetti (34), o perfil é outro. O Vasco, portanto, ganhou algumas posições neste ranking, pois a média de idade saltou para 25.4. É importante ressaltar que jogadores como o lateral Paulinho e o zagueiro Lyncon vêm atuando pelo sub-20, embora estejam inscritos no Brasileirão.

Chance pequena de novas contratações

A SAF foi ao limite do orçamento para investir, sobretudo, na chegada de Payet. Além disso, pagou pelas negociações de Vegetti e Ferreira. Mesmo que haja um aporte previsto para setembro, só é possível contratar reforços livres no mercado,

Dessa forma, o próprio diretor Paulo Bracks já descartou outras negociações de porte, ainda que haja a necessidade de um lateral-direito e um volante de contenção. Recentemente, aliás, um jogador estrangeiro foi oferecido por agentes e interessou. Trata-se do belga Radja Nainggolan, de 35 anos, sem clube após sair do SPAL, da Série B italiana. Mas, após análise interna, a SAF decidiu não ir à frente com a contratação.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.