Jogada 10 Com Ramón, Vasco vira ano com mesmo técnico após cinco temporadas

Com Ramón, Vasco vira ano com mesmo técnico após cinco temporadas

Alberto Valentim foi o último a ser mantido, entre 2018 e 2019. Técnico argentino, porém, ampliou contrato e está cheio de moral

Jogada 10
Foto: José Tramontin/athletico.com.br

Foto: José Tramontin/athletico.com.br

Jogada 10

Desde Alberto Valentim, entre 2018 e 2019, o Vasco não mantinha um treinador de uma temporada para outra, como conseguiu com Ramón Díaz. Não só isso, desta vez renovou o contrato do argentino até o fim de 2025, podendo estender até 2027. Mesmo com a luta contra o rebaixamento no Brasileirão, a comissão técnica terminou em alta pela recuperação no segundo turno e pelo carisma nas entrevistas e posts.

No caso de Valentim, a manutenção só ocorreu porque ele tinha vínculo vigente, e o clube sofria com limitações de orçamento, em meio à crise financeira. Afinal, o Cruz-Maltino também não havia feito boa campanha na competição nacional, terminando em 16o lugar. No entanto, o treinador só durou mais quatro meses e foi demitido após a derrota na final do Carioca, para o Botafogo.

De lá para cá, Vanderlei Luxemburgo encerrou o ano de 2019, mas não chegou a um acordo para seguir. A diretoria até tentou, mas ele preferiu uma proposta do Palmeiras. Já em 2020 o cenário se repetiu com Luxa, mas a queda para a Série B inviabilizou a permanência por parte do clube. Em 2021, Fernando Diniz foi o último técnico, mas, longe do acesso, saiu antes mesmo de a temporada acabar. O auxiliar Fábio Cortez comandou o time da beira do campo na partida final.

No ano seguinte, Jorginho conquistou a vaga na Série A com o Vasco, mas com a SAF instalada, havia outros planos para o futuro. Com isso, Maurício Barbieri chegou com o aval da 777 Partners e do coordenador técnico Abel Braga. Curiosamente, antes de Valentim, Jorginho havia sido o comandante anterior a virar de um ano para o outro. Foi entre 2015 e 2016, quando ficou invicto por 34 jogos.

Ramón em versão ‘Rei do Gado’ 

Ramón Díaz divertiu os vascaínos com um vídeo de Feliz Ano Novo, na segunda-feira, em meio à criação de gado que mantém na Argentina. Em sua camisa, inclusive, é possível identificar duas cabeças, como uma logomarca de um negócio.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas