Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com Matheuzinho e Coronado, Corinthians terá folha de R$ 20 mi

Chegadas de Matheuzinho e Igor Coronado ao Corinthians levantam valor da folha salarial; dirigente explica pendências com elenco

Jogada 10|

Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians (Jogada 10)

Com as contratações do lateral-direito Matheuzinho e do atacante Igor Coronado, a folha salarial do Corinthians irá ficar na casa dos R$ 20 milhões mensais. Quem garante é o diretor financeiro do clube, Rozallah Santoro, que falou nesta terça-feira (13) ao canal pago ‘Bandsports’. Os dois ainda não foram anunciados oficialmente, mas já são dados como certos como reforços do Timão.

Santoro destacou as altas dívidas do Corinthians que, somadas, ultrapassam a casa do bilhão de reais. O dirigente afirmou que o clube planejava reduzir a folha salarial, mas destacou a necessidade de arrecadar com os direitos de televisão, quantia que fica maior de acordo com o rendimento da equipe nos campeonatos.

“Temos que encarar essa dívida, mas não posso abrir mão da performance esportiva. Afinal, 30% de dinheiro da TV vêm de resultados em campo. A proposta inicial era reduzir a folha, mas até em função dos novos patrocínios e de dinheiro novo que está entrando no clube, resolvemos manter o orçamento em R$ 20 milhões por mês”, disse o diretor financeiro do Timão, prosseguindo:

“Se pensarmos nas contratações, só em salários, encargos, direitos de imagem e os dois jogadores que se falam, no apagar das luzes, o Matheuzinho e o Igor Coronado, a gente completa esse custo na casa dos R$ 20 milhões. Como equilibrar isso? Tem fluxo de receita entrando, então tive que investir para trazer jogadores”.

Publicidade

Coronado custará R$ 2 milhões; clube esclarece

A contratação de Igor Coronado, de acordo com Rozallah Santoro, terá um gasto mensal de R$ 2 milhões. Mas isto, segundo o clube, não tem apenas a ver com os salários do jogador. Seja como for, as altas cifras do jogador, que passou os últimos anos no Oriente Médio, não impedem que os salários do elenco estejam em dia. O clbe diz que ainda deve os direitos de imagem a alguns jogadores.

“O número que vi é na casa dos R$ 2 milhões por mês. Os salários estão em dia, mas alguns direitos de imagem estão atrasados desde outubro passado, quando teria sido o último pagamento. Nós assumimos com dois meses de atraso e, nesse primeiro mês de gestão, ainda não conseguimos colocar em dia”, afirmou Santoro.

Publicidade

Em nota, o Timão reforçou que o salário de Coronado não será de R$ 2 milhões, o que representaria o maior rendimento a um jogador no futebol brasileiro atual. O Corinthians ainda destaca que está respaldado pela lei para não divulgar o quanto seus jogadores ganham por mês:

“O diretor de Finanças do Sport Club Corinthians Paulista, Rozallah Santoro, esclarece que o valor de dois milhões de reais, citados durante entrevista concedida ao canal BandSports (…) não se referem ao salário mensal do atleta Igor Coronado, mas sim a uma previsão orçamentária dos custos gerais da operação (remuneração, taxas, comissões) para contratação do jogador, como dito pelo dirigente durante a conversa. O Corinthians reforça seu compromisso com a Fiel torcida e com a opinião pública pela transparência das informações. No entanto, esclarece que dados referentes a remunerações pessoais, como salários, luvas e direitos de imagem, são privados e preservados com base na Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e na Constituição Federal”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.