Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Com janela aberta, saiba como o Vasco deve atacar o mercado

Cruz-maltino ainda visa contratação de volante antes do início do Brasileirão. Maiores investimentos, porém, só em julho

Jogada 10|

Foto: Vitor Silva/Botafogo
Foto: Vitor Silva/Botafogo Foto: Vitor Silva/Botafogo (Jogada 10)

Uma nova janela de transferências está aberta no futebol brasileiro. Mas como será que o Vasco tentará atacar o mercado da bola nesta quinzena que antecede o começo do Brasileirão?

Em primeiro lugar, é bom destacar que a janela em questão, aberta na última segunda-feira (1) e com duração até o dia 19, só contempla equipes das Séries A e B. Além disso, os 40 clubes só poderão contratar atletas inscritos nos estaduais pelo Brasil. Ou seja, estão descartadas as contratações de atletas de fora do país (exceto jogadores que estejam com contrato rescindido antes do dia 7 de março).

LEIA MAIS: Presidente da França faz revelação a Payet, do Vasco

E o técnico Ramón Díaz já sabe o que deseja para esta janela. O argentino e até mesmo seu filho, o auxiliar Emiliano Díaz, pediram repetidas vezes a contratação de jogadores. E, como Ramón já afirmou, a ‘cereja’ seria um volante.

Publicidade

O Vasco, então, está indo atrás de um jogador para a posição e tem até mesmo um ‘plano B’. A prioridade é Marlon Freitas, do Botafogo. A equipe de São Januário deverá apresentar uma proposta formal ao Glorioso pela contratação do jogador de 29 anos.

Marlon já tem 16 jogos e mais de 1.000 minutos na temporada, sendo um jogador que, mesmo sem ser intocável, é visto como parte do elenco em General Severiano. Com isso, o Cruz-Maltino terá de abrir os cofres, já que possui contrato com o Botafogo.

Publicidade

A segunda opção seria Caíque, titular do Juventude. O jogador de 28 anos é um dos destaques do Papo, que eliminou o Inter na semifinal do Campeonato Gaúcho. Revelado pela Portuguesa-SP, ele ganhou maior projeção na temporada 2023 atuando com a camisa do Ceará.

E o resto?

Como citado acima, o número de jogadores contemplados pela janela são limitados. Sabendo disso, a SAF vascaína não pretende fazer aportes muito pesados em abril, além de não pretender fazer contratações a esmo.

Publicidade

A intenção, aliás, seria fazer um maior investimento na janela de julho (vai até setembro), quando a temporada se encerra na Europa. Neste caso, jogadores que atuam em solo europeu tornam-se boas opções. A expectativa, então, é que de três a quatro jogadores de maior calibre sejam contratados no período.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.