Jogada 10 Com gol brasileiro, Arsenal, fora de casa, arrasa West Ham: 6 a 0

Com gol brasileiro, Arsenal, fora de casa, arrasa West Ham: 6 a 0

Gunners fazem 6 a 0, fora, neste clássico londrino. Só no 1º tempo, 4 a 0 (um dos gols de Gabriel Magalhães). Estão dois pontos atrás...

Jogada 10
Foto: Adrian Dennis/ AFP via Getty Images

Foto: Adrian Dennis/ AFP via Getty Images

Jogada 10

Uma surra foi o que se viu neste domingo (11/2), no Estádio Olímpico de Londres, no duelo entre West Ham e Arsenal. Afinal, mesmo na casa do rival londrino, os Gunners arrasaram, 6 a 0. Mas ainda perderam vários gols neste jogo em que teve 26 finalizações (12 na direção do gol) contra cinco do West Ham (apenas uma no alvo) e 72% de posse de bola. Rolou gol brasileiro, de Gabriel Magalhães, em seu jogo 150 pelo clube, o terceiro. Os outros tentos do Arsenal foram de Saliba, Saka (dois, um de pênalti), Trossard e Declan Rice.

Com esta goleada, o Arsenal chega aos 52 pontos, o mesmo do Manchester City (mas que tem um jogo a menos). A liderança é do Liverpool, que tem 54 pontos.  Já o West Ham, que parou nos 36 pontos, está em oitavo lugar.

Veja aqui a tabela de classificação da Premier League

Surra do Arsenal no primeiro tempo

O Arsenal matou o jogo no primeiro tempo,  com quatro gols em 15 minutos. Após apresentar bom volume ofensivo e muitos lances de bola parada que passavam perto,  mas que não deram em nada apesar de (até então) nove finalizações,  aos 32, os Gunners chegaram ao gol. Declan Rice cobrou escanteio da esquerda e Saliba subiu para fazer 1 a 0. Este tento desconcentrou o West Ham, que ficou apenas se defendendo. Porém, sem sucesso algum, Aos 35 e 38, Saka, livre, perdeu dois gols feitos. Contudo, aos 41  o atacante mandou para a rede fazendo 2 a 0, cobrando pênalti que ele mesmo sofreu.

Dois minutos depois, Declan Rice cobrou falta na cabeça de Gabriel Magalhães, que ampliou o placar. E Trossard, que quase marcou no início do jogo, recebeu na entrada da área, aos 46, e chutou com categoria, sem chance para Areola. Naquela altura, o estádio Olímpico já começava a ver os torcedores dos Hammers, com 4 a 0 contra, deixando o estádio. Afinal, sabiam que o resultado era justíssimo para um time que teve 72% de posse e 15 a 1 em finalizações  no primeiro tempo e não queriam ver mais o massacre de seu time, que sente muito a ausência do brasileiro Paquetá (machucado).

Baile na etapa final

No segundo tempo, nada mudou. Afinal, só dava Arsenal. Dessa forma, o quinto gol era questão de tempo e saiu aos 17. Após quase um minuto com quase todo time  tocando a bola, Odegaard achou Saka na área. O goleador tirou o marcador e fez 5 a 0. Três minutos depois, Declan Rice, de fora da área, fez um golaço. Mas não comemorou contra seu ex-time. Pouco depois Rice saiu e foi aplaudido pelos torcedores do West Ham que ainda estavam no estádio. O Arsenal diminuiu o ritmo, satisfeito como resultado.

Jogos da 24ª rodada do Campeonato Inglês

(Horário de Brasília)
Sábado (10/2)
Manchester City 2×0 Everton
Tottenham 2×1 Brighton
Wolverhampton 0x2 Brentford
Fulham 3×1 Bournemouth
Luton Town 1×3 Sheffield United
Liverpool 3×1 Burnley
Nottingham Forest 2×3 Newcastle
Domingo (11/2)
West Ham 0x6 Arsenal
Aston Villa x Manchester United – 13h30
Crystal Palace x Chelsea – 17h

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas