Jogada 10 CEO do Vasco volta ao Rio para reunião com a Ferj sobre erros de arbitragem

CEO do Vasco volta ao Rio para reunião com a Ferj sobre erros de arbitragem

Lúcio Barbosa representará o Cruz-Maltino em reunião com dirigentes da entidade para reclamar da atuação do árbitro Tarcizo Pinheiro...

Jogada 10
Vitor Costa/FutRio

Vitor Costa/FutRio

Jogada 10

O Vasco terá uma reunião com dirigentes da Ferj, na sede da entidade, nesta segunda-feira (29). O CEO da SAF, Lúcio Barbosa, deixou Brasília, onde a delegação cruz-maltina segue, e será um dos representantes do clube neste encontro. O intuito desta reunião é expor o descontentamento do Cruz-Maltino com os erros de arbitragem no empate com o Bangu por 2 a 2, no último domingo (28). Principalmente pela atuação do juiz principal Tarcizo Pinheiro Caetano.

A insatisfação do Gigante da Colina foi tanta que o clube emitiu uma nota solicitando que o árbitro não trabalhe mais em jogos da equipe (veja a nota completa abaixo). Afinal, o Vasco entende que foi bastante prejudicado pelo desempenho da arbitragem no último compromisso.

Os principais lances que há reclamação são a expulsão do volante Jair aos quatro minutos da primeira etapa e a marcação de pênalti envolvendo o zagueiro Medel, já nos momentos finais do jogo. Assim, a Ferj vai analisar as demandas e, se entender que houve falhas, o árbitro Tarcizo será afastado e encaminhado um treinamento sem prazo estabelecido.

Lances que o Vasco alega erro de arbitragem

Expulsão de Jair aos quatro minutos da primeira etapa após dar carrinho em lance envolvendo Walney, do Bangu. Volante do Vasco acerta a bola primeiro, mas árbitro entende que jogada foi para cartão vermelho direto

Aos 44 minutos ocorre jogada semelhante a expulsão de Jair. Gabriel Canela comete falta no atacante Erick Marcus, do Cruz-Maltino, e acerta primeiro seu tornozelo. Contudo, Tarcizo apresentou apenas o amarelo para o atacante do Bangu

Já no segundo tempo, mais especificamente aos 52 minutos, Walney dá carrinho em lance com Zé Gabriel. O atleta do Bangu vai com o pé alto na dividida e acerta a trava na canela do volante do Gigante da Colina. No entanto, a punição do juiz foi somente um amarelo para Walney.

Na última jogada da partida, aos 55 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Bangu após contato de Medel nas costas de Gabryel Freitas.

Nota do Cruz-Maltino

O Vasco da Gama SAF enviou ofício à FERJ requerendo que o árbitro da partida, Sr. Tarcizo Pinheiro Caetano, nunca mais componha a equipe de arbitragem em jogos do Vasco da Gama SAF, em qualquer função e/ou competição e também esclarecimentos sobre as decisões da arbitragem hoje. #VascoDaGama

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook

Últimas