Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cebolinha dedica gol a Gerson: ‘Importante para o nosso grupo’

Atacante exalta Coringa, que desfalcou o time carioca por infecção renal e precisará passar por cirurgia

Jogada 10|

- Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
- Foto: Marcelo Cortes/Flamengo - Foto: Marcelo Cortes/Flamengo (Jogada 10)

Responsável por sacramentar a vitória do Flamengo no clássico, Everton Cebolinha finalizou após uma bela jogada coletiva, com direito a dois passes de calcanhar de Pedro e Arrascaeta. O camisa 11 fez questão de dedicar seu gol a Gerson, que desfalcou o time por infecção renal e precisará passar por cirurgia.De acordo com o atacante, o Coringa previu o gol antes da disputa com o Fluminense neste último domingo (25).

Apesar do problema, o camisa 20 esteve presente na tribuna para acompanhar o clássico. Além disso, o volante ficou na beira do gramado enquanto os companheiros estavam no aquecimento e disse que Cebolinha faria um gol em rápida conversa com a FlaTV.

“Eu estava ansioso por esse gol. Botei toda a minha força no chute. Fico muito feliz pela vitória. Eu dedico o gol para o Gerson. Antes do jogo a gente estava conversando e ele falou que eu ia fazer um gol. Eu fiz e fiz uma homenagem para ele com o vapo. Eu torço para que ele se recupere logo e volte para nos ajudar. Ele é muito importante para o nosso grupo. É focar, descansar. Sábado tem o jogo que podemos ser campeões da Taça Guanabara”, disse para FlaTV ainda no gramado, antes de prosseguir:

“Eu vivi temporadas de altos e baixos. O atleta acaba perdendo confiança. Mas desde a chegada do Tite, ele me deu a sequência que eu precisava. Eu acabei, aliás, retomando a minha confiança e as coisas vão acontecendo naturalmente. Eu esperava ajudar de uma certa forma. E graças a Deus desde o final do ano passado eu tenho ajudado”, acrescentou.

Publicidade

Momento mágico da defesa rubro-negra

O Flamengo vive excelente fase com vinte gols marcados em dez partidas. Dois deles, aliás, de Everton Cebolinha, que também havia estufado a rede na estreia contra o Audax-RJ. Se por um lado, o ataque tem dado conta do recado, a defesa tem se superado ainda mais. Até o momento, o time sofreu apenas um gol na temporada, com uma escalação alternativa. Em jogos oficiais, portanto, os titulares ainda não sofreram gols em 2024.

“O Tite cobra muita marcação para os homens da frente. Se a gente pressionar e não deixar sair, a nossa defesa vai ser a menos vazada. É o que tem acontecido. Nós ainda não tomamos gol. A gente consegue a solidez muito pelos homens da frente que tem ajudado. Hoje ficou nítido. Conseguimos pressionar o Fluminense. Nós roubamos algumas bolas ali no primeiro tempo e poderíamos ter aproveitado de uma melhor maneira. Nossa ideia de jogo ficou bem nítida hoje!, comentou Cebolinha durante a zona mista.

Publicidade

“A marca dos times do Tite é sofrer poucos gols. A gente está mostrando isso nos campeonatos neste início de ano. A gente, portanto, vem colocando em prática. Isso dá mais confiança. A gente tem conseguido colher bons frutos. Esse ano reserva grandes coisas para gente”, concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.