Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

CBF parabeniza Vasco por centenário da “Resposta Histórica”

Documento assinado pelo então presidente do Vasco em 1924 é um marco na luta contra o racismo no futebol

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Thiago Britto/Chico Rei
Foto: Divulgação/Thiago Britto/Chico Rei Foto: Divulgação/Thiago Britto/Chico Rei (Jogada 10)

Em nota oficial, a CBF parabenizou o Vasco da Gama pelo centenário da “Resposta Histórica”.Este, aliás, é documento assinado por José Augusto Prestes, então presidente do clube, que abria mão de participar do Campeonato Carioca de 1924.

Para lembrar: na carta, o dirigente do Vasco rejeitava a exclusão de 12 jogadores negros e de origem e condições humildes da sua equipe para que pudesse disputar o campeonato (que hoje é o Campeonato Carioca) do Rio de 1924. Esta era uma exigência da Associação Metropolitana de Esportes Athleticos (AMEA).

“Parabenizo o Vasco pelo centenário da “Resposta Histórica”, data que está na história do futebol brasileiro e do nosso país. Essa carta foi um ato sem precedente de coragem do Vasco. Além de um marco na luta contra o racismo, o documento foi um passo decisivo pela inclusão de todos os brasileiros ao futebol”, afirmou presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues. Ele, aliás, é primeiro negro e nordestino a comandar a entidade, fundada há mais de um século.

MAIS SOBRE A RESPOSTA HISTÓRICAVasco lança coleção de camisas sobre os 100 anos da Resposta HistóricaVasco recebe homenagem pelos 100 anos da Resposta Histórica

Publicidade

CBF e luta contra o racismo

Ednaldo Rodrigues, aliás, luta pelo combate ao racismo no futebol desde a sua eleição, em 2022. A CBF é a única entidade nacional a implementar a punição desportiva por atos racistas no Regulamento Geral de Competições. A Confederação Brasileira de Futebol também tem parceria com o Observatório da Discriminação Racial no Futebol.

Ao tomar posse no Conselho da Fifa no ano passado, Ednaldo Rodrigues anunciou que faria do combate ao racismo uma de suas missões no principal órgão executivo do futebol mundial.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.