Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cantillo entra na justiça contra o Corinthians e cobra R$ 2,4 milhões

Volante cobra Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), multas e divergências em verbas rescisórias do Timão

Jogada 10|

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians (Jogada 10)

O Corinthians ganhou mais um processo para lidar nos próximos dias. O volante Cantillo entrou na Justiça do Trabalho contra o Timão e cobra R$ 2,4 milhões do seu ex-clube. O valor é referente a Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), multas e divergências em verbas rescisórias.

De acordo com o Corinthians, o clube já pagou estes valores, mas Cantillo contesta. O estafe do atleta alega que tentou um acordo amigável com o clube, mas não teve êxito e, por isso, decidiu recorrer à Justiça. Diferentemente de outros jogadores que deixaram o Timão recentemente, o volante não tinha direitos de imagem a receber do clube.

A primeira audiência está marcada para o dia 23 de abril. O Corinthians não comenta os processos judiciais abertos, mas não pretende fazer o pagamento ao colombiano.

Pelo Corinthians, Cantillo disputou 116 partidas, 76 delas na condição de titular. Ele chegou no começo de 2020 por empréstimo junto ao Junior Barranquilla (COL), mas não se firmou no elenco. Mesmo assim, foi comprado em definitivo no ano passado. Na temporada de 2023, o meio-campista atuou em apenas 12 jogos, sendo titular em quatro ocasiões.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.