Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cano, do Fluminense, reencontra sua maior vítima para voltar a marcar em clássicos

Atacante não estufa a rede diante dos rivais desde a final do Carioca de 2023, quando balançou a meta do Flamengo na goleada por 4...

Jogada 10|

- Foto: Lucas Merçon/Fluminense
- Foto: Lucas Merçon/Fluminense - Foto: Lucas Merçon/Fluminense (Jogada 10)

Com o revés para o Botafogo, o Fluminense antecipou um possível confronto com o rival nas últimas decisões do Campeonato Carioca. Nesse sentido, o encontro com o Flamengo desta vez acontece pelas semifinais, e a primeira partida está marcada para este sábado (9), às 21h (de Brasília), no Maracanã. Para buscar o tricampeonato, o Tricolor aposta no seu poderio ofensivo, que tem na figura de Cano, a principal estrela.

O argentino, portanto, terá pela frente a sua maior vítima com a camisa verde, branca e grená. Diante do Rubro-Negro, o camisa 14 já estufou a rede em sete oportunidades. Assim, o atacante foi decisivo ao marcar nas finais das duas últimas edições do Estadual, ambas contra o maior rival. Sendo que em 2023, o time de Laranjeiras conseguiu reverter a desvantagem de dois gols com uma marcante goleada por 4 a 1.

Desde que chegou ao clube carioca, Cano tem enfileirado recordes e conquistado títulos. Até o momento, o atacante marcou 86 gols desde 2022. Em 2022, foram 44, enquanto no ano seguinte balançou a meta adversária 40 vezes, carimbando o título inédito da Libertadores e sendo artilheiro da competição continental, com 13 gols.

Jejum diante dos rivais

Apesar dos bons números, o atacante não marca em clássicos desde a final do último Carioca, em abril de 2023, na goleada por 4 a 1 sobre o maior rival. Desde então, foram quatro confrontos com o Flamengo em branco. Dois deles pelas oitavas de final da Copa do Brasil, quando o Fluminense sucumbiu diante do rival e deu adeus à competição, com um empate sem gols e uma derrota por 2 a 0.

Publicidade

No Campeonato Brasileiro, o atacante participou do empate por 0 a 0 no primeiro turno, porém esteve fora ndo novo empate, desta vez por 1 a 1, no returno. Em 2024, as equipes se enfrentaram pela Taça Guanabara, e o Rubro-Negro conquistou a vitória por 2 a 0. Dessa forma, são quatro confrontos contra o rival sem estufar a rede.

Quando desembarcou no Brasil, Cano ficou nacionalmente conhecido com a camisa do Vasco antes de se firmar como ídolo da torcida do Fluminense. Nos últimos três duelos contra o Cruz-Maltino, entretanto, o jogador passou em branco. Dois pelo Brasileirão (1 a 1 e 2 a 4) e um pela atual edição do Carioca (0 a 0).

Publicidade

O argentino não balança a meta do ex-clube desde 12 de fevereiro de 2023, quando marcou um golaço do meio de campo. Por fim, contra o Botafogo, Cano não marca desde o Carioca de 2022 e passou a temporada passada toda em branco. O último e único aconteceu no dia 27 de março de 2022, pelo Carioca.

Vítima de Cano pelo Fluminense

Flamengo: 7 gols

Publicidade

Olimpia (PAR): 5 gols

Audax, Corinthians, Internacional, São Paulo e Volta Redonda: 4 gols

Bangu, Cruzeiro, Fortaleza, Goiás, Oriente Petrolero (BOL), Portuguesa, River Plate (ARG), Sporting Cristal (PER) e Vasco: 3 gols

América-MG, Athletico-PR, Atlético-MG, Avaí, Ceará, Red Bull Bragantino, Santos e Vila Nova: 2 gols

Atlético-GO, Boca Juniors (ARG), Botafogo, Coritiba, Cuiabá, Grêmio, Juventude, Millonarios (COL), Palmeiras, Paysandu e Sampaio Corrêa: 1 gol

Números recentes

Flamengo – Não marca desde o dia 9 de abril de 2023 – 4 jogos

Vasco – Não marca desde o dia 12 de fevereiro de 2023 – 3 jogos

Botafogo – Não marca desde o dia 27 de março de 2022 – 5 jogos

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.