Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Campeãs mundiais pela Espanha protestam contra Luis Rubiales

As 23 jogadoras espanholas campeãs da Copa do Mundo assinam manifesto contra o presidente. Outras 58 atletas também participaram

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

As 23 jogadoras campeãs do mundo pela Espanha assinaram um manifesto contrário a Luis Rubiales, presidente da Federação Espanhola de Futebol. Aliás, além das campeãs do Mundial, outras 58 atletas repudiaram a atitude de Rubiales, que beijou Jenni Hermoso, durante a premiação na final da Copa do Mundo, sem o seu consentimento.

“Na sequência dos acontecimentos desta manhã e da perplexidade do discurso proferido pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Manuel Rubiales Béjar, as jogadoras da equipe, recentes campeãs mundiais, em apoio a Jennifer Hermoso, querem expressar a sua firme e categórica condenação de comportamentos que violaram a dignidade das mulheres”, diz trecho do manifesto.

Aliás, na carta, as jogadoras afirmaram que, caso os atuais dirigentes continuem à frente da Federação, elas não voltarão a jogar pela seleção.

Anteriormente, atletas do futebol masculino também repudiaram o ato de Luis Rubiales. Dois deles foram Sergi Roberto e De Gea. Além disso, Iker Casillas, campeão da Copa do Mundo masculina em 2010, também se manifestou.

Continua após a publicidade

Veja o manifesto completo

“Na sequência dos acontecimentos desta manhã e da perplexidade do discurso proferido pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Luis Manuel Rubiales Béjar, as jogadoras, recentes campeãs mundiais, em apoio a Jennifer Hermoso, querem expressar a sua firme e categórica condenação de comportamentos que violaram a dignidade das mulheres.

Face às manifestações feitas pelo presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Jennifer Hermoso quer negar categoricamente que tenha consentido o beijo que D. Luis Manuel Rubiales Béjar lhe deu na final do Mundial. “Quero esclarecer que, como visto nas imagens, em nenhum momento eu consenti o beijo que ele me deu e, claro, em nenhum caso busquei levantar o presidente. Não tolero que minha palavra seja questionada, muito menos invente palavras que não falei.”

Continua após a publicidade

Do nosso sindicato, queremos enfatizar que nenhuma mulher deve estar precisando responder às imagens contundentes que todos viram. Aliás, claro, não deve se envolver em atitudes não consensuais.

As jogadoras da seleção sspanhola, atual campeã mundial, esperam respostas fortes das autoridades públicas para que ações como as contidas não fiquem impunes

Continua após a publicidade

Queremos terminar pedindo mudanças reais, que ajudem a seleção a continuar a crescer, de forma a transferir este grande sucesso para as gerações posteriores. Enche-nos de tristeza que um fato tão inaceitável esteja a manchar o maior sucesso desportivo do futebol feminino espanhol.

Mas, depois de tudo o que aconteceu durante a entrega de medalhas do Mundial, afirmamos que todas as jogadoras que assinarem esta carta não voltarão a uma convocação da seleção se os atuais dirigentes continuarem.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.