Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Campeão mundial com a Seleção em 94 participará de tradicional evento das Olimpíadas

Ex-jogador que fez parte do tetracampeonato mundial com o time canarinho vai estar em cerimônia que antecede a abertura das Olimpíadas...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação

Um ex-jogador da Seleção estará presente em Paris para o evento que antecede à abertura dos Jogos Olímpicos desse ano. Trata-se de Raí, que venceu o tetracampeonato mundial em 1994, que ocorreu nos Estados Unidos. O antigo meio-campista tem forte ligação com a França, motivo que o fez receber o convite.

Afinal, o ex-atleta defendeu o Paris Saint-Germain a partir de 1993 com passagem marcante. Por isso, o Comitê Olímpico decidiu chamá-lo para participar do revezamento da tocha olímpica. Ele participará do trajeto na cidade Versalhes, em 23 de julho, três dias antes da abertura das Olímpiadas. Assim, Raí confirmou sua presença através de suas redes sociais, na última quarta-feira (12).

Ele relembrou sua chegada à França e o período em que defendeu o PSG.

Publicidade

“Cheguei ao país das Olimpíadas em 1993 como atleta profissional. Aqui vivi com família e filhas, fiz muitos amigos, fui capitão do Paris Saint-Germain, me inspirei para criar a Gol de Letra, me tornei cidadão francês, mestre em Política Pública. Hoje sou embaixador do Paris FC e tenho muito orgulho de ser considerado símbolo desta relação França/Brasil, Brasil/França”, disse Raí na rede social. E concluiu: “Recebo este convite para carregar a tocha como um reconhecimento desta linda história de amor, aprendizados, conquistas e realizações, ainda longe de acabar”.

Ex-jogador da Seleção nunca disputou uma Olimpíada

Publicidade

Antes mesmo de ser campeão mundial com a Seleção na Copa do Mundo de 1994, Raí conquistou a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de 1987. Tal edição ocorreu em Indianápolis, nos Estados Unidos. O ex-meio-campista sonhava em disputar as Olimpíadas de Seul, na Coreia do Sul, no ano seguinte. Contudo, ele não esteve na lista final de jogadores convocados por conta de uma lesão. Na oportunidade, o Brasil ganhou a medalha de prata.

Na edição das Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, Raí também participou do revezamento da tocha olímpica. O ex-jogador teve passagem de destaque pelo Paris Saint-Germain por cinco temporadas. Neste período, aliás, ele conquistou títulos sendo um Campeonato Francês e duas Copas da França. Como Raí se sobressaiu pela equipe da capital do país, tornou-se ídolo. Ao todo, foram 223 jogos e 79 gols marcados, Posteriormente, Raí voltou ao São Paulo, onde foi bicampeão da Libertadores e venceu uma edição do Mundial.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.