Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Campeão com a França em 98 relata que familiares foram mortos em protestos

Dezenas de mortos e feridos foram contabilizados após protestos contra uma reforma eleitoral na Nova Caledônia, território da França...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução

Após distúrbios decorrentes de protestos contra uma reforma do censo eleitoral na Nova Caledônia, território francês no Pacífico Sul, o governo da França decretou estado de emergência. Isso porque os confrontos deixaram um saldo de mortos e centenas de feridos. Christian Karembeu, ex-jogador da seleção francesa, teve  familiares durante essa crise política.

A partir de meados de maio, os protestos eclodiram quando a Assembleia Nacional francesa iniciou discussões sobre a reforma do censo eleitoral. Atualmente, somente os eleitores registrados em 1998 e seus descendentes são autorizados a votar nas eleições regionais.

+ Veja as melhores notícias extracampo do Jogada 10!

Mortos e feridos

Publicidade

O ex-jogador, que nasceu no arquipélago, afirmou que demorou a falar sobre o assunto porque estava vivendo dias de luto.

– Perdi membros da minha família. Por isso fiquei em silêncio, porque estou de luto. Duas pessoas da minha família foram baleadas na cabeça. São atiradores de elite. Esperamos que esses assassinatos sejam investigados — disse o ex-volante à rádio Europe1.

Publicidade

Os separatistas temem que a reforma resulte na diminuição da representação proporcional do povo Kanak, os habitantes nativos, nos órgãos governamentais locais. Aliás, essa preocupação desencadeou uma série de confrontos armados.

Além disso, a ilha foi alvo de ataques, incluindo incêndios criminosos, saques e confrontos com as forças policiais. Em resposta, as autoridades locais impuseram um toque de recolher obrigatório, proibiram reuniões públicas e fecharam escolas. Apesar dessas medidas, os distúrbios persistiram.

Christian Karembeu foi um jogador importante na conquista do primeiro título mundial da França na Copa do Mundo de 1998, ao lado de Zidane. Além disso, ele representou a seleção nacional, ele teve passagens por clubes como Nantes, Sampdoria, Real Madrid e Olympiacos, entre outros.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.