Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bucaramanga fica com o Apertura na Colômbia e vai à Libertadores 2025

Clube do interior do país vai disputar seu primeiro torneio continental na história

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Luis Acosta/AFP via Getty Images

Após 74 anos de existência, o Atlético Bucaramanga conquistou o primeiro título de sua história na elite do Campeonato Colombiano. Após perder para o Independiente Santa Fe no tempo normal, por 3 a 2, o time dirigido por Rafael Dudamel venceu nos pênaltis o embate no Estádio El Campín. Assim, ficou com o troféu do Apertura local e vaga na fase de grupos da Libertadores 2025.

Com a necessidade do resultado, o Santa Fe foi agressivo no ataque e abriu a conta logo aos nove minutos. Após cruzamento rasteiro, Hugo Rodallega bateu de primeira e viu a bola ir mansa pro fundo das redes. Entretanto, isso também fez com que o time da capital ficasse exposto no plano defensivo. Algo que favoreceu a igualdade onde Jhon Córdoba recebeu em plenas condições e bateu na saída de Andrés Mosquera.

No início do segundo tempo, aos dois minutos, Daniel Mosquera aproveitou um bate rebate dentro da área e virou o placar para o Atlético Bucaramanga. Desse modo, os Cardinales precisavam virar o marcador para, ao menos, levar a disputa rumo às penalidades.

Publicidade

Já aos 38, o zagueiro Julián Millán deixou tudo igual em cruzamento desviado na primeira trave e que ele completou já na altura da pequena área. E o que parecia difícil se concretizou três minutos depois quando Francisco Chaverra caiu dentro da área por conta de um puxão dado por Aldair Zárate. Algo que, imediatamente, fez a arbitragem de Carlos Betancur marcar pênalti. Na batida, Agustín Rodríguez deslocou o arqueiro Aldair Quintana e levou a definição do título para a marca da cal.

Entrando para a história

Publicidade

Na parte final do duelo, Leonardo Flores não converteu sua batida para os visitantes. Todavia, por ironia do destino, Agustín Rodríguez e Julián Millán (autores dos gols no segundo tempo) também não converteram e o Bucaramanga entrou para o hall de campeões nacionais na Colômbia.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.