Jogada 10 Brasil perde para a França e se complica na Copa Feminina

Brasil perde para a França e se complica na Copa Feminina

Seleção, após 1º tempo fraco, se encontra, empata o duelo, mas perde no fim. Agora precisa de bom resultado contra a Jamaica para ir...

Jogada 10
Jogada10

Jogada10

Jogada 10

Mais uma vez não deu para o Brasil diante da França. Neste sábado, pela segunda rodada do Grupo F da Copa Feminina, as brasileiras, depois de um primeiro tempo fraco, mas boa imposição na etapa final, perdeu por 2 a 1 e segue sem nunca ter vencido as francesas na história (12 jogos). O jogo foi lo Lang Park, em Brisbane. O resultado deixa a Seleção em situação complicada para garantir vaga às oitavas, pois está com três pontos e precisará de um bom resultado na rodada final diante da Jamaica. Já a França assume a liderança, com quatro pontos.

Veja aqui a tabela de classificação da Copa Feminina

A França saiu na frente no primeiro tempo, gol da artilheira Le Sommer. Na etapa final, o Brasil empatou com Debinha. Mas a craque Renard – que era dúvida e não entrou 100% – fez o gol da vitória no fim.

França domina o Brasil no 1º tempo

O Brasil começou muito mal a partida. Afinal, nervoso em campo, errando passes simples, com Geyse (que começu como titular no lugar de Bia Zaneratto) anulada pela marcação e vendo a França dominar totalmente nos primeiros 20 minutos. Depois de perder pelo menos duas chances claras, uma delas obrigando a goleira Lelê a fazer grande  defesa em chute de Le Sommer. Mas, aos 16, não teve jeito. Um cruzamento de  pela esquerda de Karchaoui foi na cabeça de Diani, que escorou para Le Sommer, também de cabeça, fazer 1 a 0. A vantagem fez a França dimuir um pouco o ritmo.

Apenas depois de levar o gol o Brasil começou a se encontrar. Teve uma chance claríssima com Adriana: a apoiadora recebeu livre na área, após grande jogada de Debinha. Contudo, isolou. Mas, apesar desta chance clara, a França foi bem superior e mereceu a vantagem, pois teve mais posse (58%), o dobro de chutes a gol (8 a 4) e aceertos (quatro no alvo contra um do Brasil, que foi um chute sem perigo algum para a goleira Magnin.

Seleção emopata, mas Renard…

Pia deu um jeito na seleção no intervalo. E sem alterar nenhuma jogadora. Com maior imposição, o Brasil foi dominante, buscando mais o jkogo pela direita com a lateral Antônia e  a atacante Geyse, emopurrando a França para a defesa e chegando, enfim, ao gol aos 12 minutos. Numa excelente troca de passes de quase todo o time, que começou com Tamires e flutou em todos os setores do ataque, a bola ficou para Kerolin, que tocou para Debinha, livre na área. A atacante tocou na saída de Magnin. Empate mais do que justo. Com tudo igual, o que se viu na reta final foi a Frasnça tentando fazer valer o seu toque de bola, mas o Brasil bem postado e assustando em contra-ataques. Mas a França tinha Renard. Aos 37, num escanteio pela direita, Renard apareceu desmarcada na segunda trave e nem subiu para cabecear e fazer o gol da vitória francesa.

Próximos jogos

Na terceira e última rodada do Grupo F, na quarta-feira (2/8), o Brasil enfrenta a Jamaica, precisando de um empate para se garantir nas oitavas. O jogo será no Estádio Retangular de Melbourne. Já a França precisa vencer o Panamá, de preferência por mais de quatro gols para não depender do resultado do outro jogo para avançar de fase. Esta partida será no Sydney Stadium. Os dois jogos serão às 7h (de Brasília)

FRANÇA 2X1 BRASIL

Copa Feminina 2023 – Grupo F – 2ª Rodada
Data:
29/7/2023
Local:
Lang Park, Brisbane (AUS)
FRANÇA: Magnin; Perisset, Lakrar, Renard e Karchaoui; Toletti, Geyoro e Dali (Le Garrec, 40’/2ºT));  Diani, Le Sommer (Vecho, 9’/2ºT) e Bacha. Técnico: Hervé Renard.
BRASIL: Letícia, Antônia (Monica, 40’/2ºT), Lauren, Rafaelle e Tamires; Luana, Ary Borges (Ana Vitória, 40/2ºT), Adriana (Bia Zaneratto, 33/2ºT)e Kerolin; Debinha (Marta, 40/2ºT) e Geyse (Andresa Alves, 40/2ºT). Técnica: Pia Sundhage.
Gols: Le Sommer, 16’/1ºT (1-0); Debinha, 12’/2ºT (1-1); Renard, 37’/2ºT (2-1)
Árbitra: Kate Jacewicz (AUS)
Auxiliares:
Kyoung-Min Kim (COR) e Joanna Kate Charaktis (AUS)
Cartões amarelos: Toletti, Dali. Karchaoui (FRA); Luana (BRA)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas