Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bigode marca, Santos vence a Chape e volta ao G4 da Série B

Graças a um gol de Willian aos 47 da etapa final, Peixe faz 1 a 0 na Vila Belmiro e pula para o 2º lugar da Segundona

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/Santos

Alívio para o Santos. Nesta segunda-feira (1/7), o Peixe não conseguia sair do 0 a 0 com a Chapecoense na Vila Belmiro, pela 13ª rodada da Série B do Brasileiro. Mas, aos 47 da etapa final, Willian Bigode, de cabeça, definiu o duríssimo 1 a 0 que fez o time não apenas entrar no G4, como assumir a vice-liderança, com 22 pontos.

Os times buscaram o gol, principalmente no primeiro tempo (28 finalizações, 14 para cada time), mas a pontaria estava bem ruim.  O Peixe foi superior  na etapa final e  até acertou a trave dos visitantes. Mas gol mesmo apenas no finzinho. Com a derrota, a Chape é a 16ª com 14 pontos, às portas do Z4.

Muita vontade, pouca eficiência

Os times buscaram muito o ataque no primeiro tempo, tanto que cada cada time finalizou 14 vezes, embora poucas na direção certa. Com mais volume, o Peixe buscou jogadas pelos flancos com Patati e Otero, revezando pelas duas pontas. Otero foi mais objetivo, mas seus cruzamentos estavam imprecisos. Patati, por sua vez, buscou mais lances indivuduais. Teve vontade, mas errava muito e ainda perdeu a melhor chance do Santos nesta etapa. A Chape tentou aproveitar  a insegurança defensiva do rival e teve duas voas chances claras, ambas defendidas pelo goleiro Brazão (que estava ansioso e falhava em algumas saídas). No fim da etapa, com 0 a 0, a torcida santista vaiou o time.

Publicidade

Santos vence no finzinho

Com Pedrinho na vaga de Patati, o Santos passou a trocar passes mais cadenciado no ataque. Aos quatro, quase marcou num chute de fora da área de Pituca para ótima de fesa de Cavichioli. Dois minutos depois, Pituca, que passou a jogar mais próximo da área, chutou para nova defesa do goleiro da Chape. O jogo estava bom. Marcinho quase marcou para a Chape, com Brazão fazendo ótima defesa e na sobra Foguinho isolando. Em seguida, o santista Pedrinho acertou a trave da Chapecoense.

Publicidade

Contudo, depois dos 20 minutos, o jogo caiu demais em intensidade. Mas, nos acréscimos, a coisa mudou. Aos 46, o garoto Matheus Xavier (em sua primeira partida no time principal) quase fez um golaço, chutando, mas com a zaga mandando a córner. Entretanto, no escanteio, Souza cobrou e Willian Bigode, na primeira trave, cabeceou para definir o chorado 1 a 0 que valeu a volta do time ao G4.

SANTOS 1X0 CHAPECOENSE

Publicidade

SÉRIE B – 13ª Rodada
Data: 1/7/2024
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Público: 9.055 pagantes
Renda: R$ 386.460,00
SANTOS: Gabriel Brazão; Aderlan (JP Chermont, 19/2ºT), Gil, Jair Paula e Rodrigo Ferreira (Souza, 39’/2ºT); João Schmidt, Diego Pituca e Giuliano; Weslley Patati (Pedrinho, Intervalo), Furch (Matheus Xavier, 27’/2ºT) e Otero (Willian Bigode, 19’/2ºT). Técnico: Fábio Carille
CHAPECOENSE: Matheus Cavichioli; Marcelinho, Habraão, Bruno Leonardo e Mancha; Foguinho (Bruno Vinícius, 39’/2ºT), Thomás (Walterson, 24’/2ºT), Marlone (Mario Sérgio, 24’/2ºT) e Rafael Carvalheira; Marcelinho (Rubens, 32’/2ºT) e Thayllon (Giovanni Augusto, 24’/2ºT). Técnico: Umberto Louzer
Gol: Willian Bigode, 47’/2ºT (1-0)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Hugo Savio Xavier Correa (GO)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos:  Willian Bigode,  João Schmidt (SAN); Marcelinho, Foguinho, Rafael Carvalheira (CHA)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.