Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Barcelona vence jogão e apresenta um novo astro: Lamine Yamal

Menino de 16 anos não marcou, mas teve atuação genial na incrível vitória do Barça por 4 a 3 sobre o Villarreal, em jogo de virada...

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Villarreal e Barcelona fizeram jogo de altíssimo nível na tarde deste domingo (27/8), pela terceira rodada do Campeonato Espanhol, no Madrigal, em Villarreal. O técnico do Barça, Xavi, voltou a apostar na joia Lamine Yamal. O atacante de apenas 16 mandou bem, com ótimos dribles, inteligência, uma assitência e duas bolas na trave. Além disso, o Xavi viu seu time abrir 2 a 0, gols de Gavi e de Frenkie de Jong. Porém, o Villarreal também fez um jogaço. Assim, virou com gols de Foyth, Sorloth e Baena. Só que o Barça revirou com Ferrán Torres e Lewandowski. Neste jogaço para ser aplaudido de pé, deu Barça 4 a 3.

Veja aqui a tabela de classificação do Campeonato Espanhol

O Barcleona chega aos sete pontos, em terceiro lugar. O Villarreal parou nos três pontos, em 13º.

Yamal encanta o Barcelona

O primeiro tempo foi um espetáculo, com Lamine Yamal fazendo a diferença em jogadas pela direita. O Villarreal também estava em busca do gol e chegou a fazer um, anulado por impedimento. Mas aos 12 veio o gol dos visitantes. Yamal deitou e rolou pela direita e cruzou para Gavi fazer 1 a 0. Aos 15, de Jong ampliou. Parecia fácil para o Barça? Que nada. Aos 26, Baena encontrou Foyth bem colocado. O Villarreal diminuiu o placar, recolocando o time da casa no jogo. Aos 40, Sorloth concluiu jogada que mais parecia lonha de passe e terminou com o cruzamento de Pedraza para o atacante concluir e deixar tudo igual.

Publicidade

No segundo tempo, viradas e reviradas

Aos quatro do segundo tempo, Pedraza fez grande jogada saindo da marcação e tocou para Baena, dentro da área, pelas esquerda. Um chute certeiro que fez o Villarreal ficar na frente: 3 a 2. Porém, o Barça tinha o memnino Yamal. este filho de pai marroquino e mãe de Guiné, mas nascido na Espanha, driblava os marcadores como se os rivais é que fossem juvenis. Na primeira, mandou na trave. Pouco depopis, viu o companheiro Ferrán Torres conseguiur empatar o jogo. E, aos 26, Yamal pegou a bola saiu ciscando e chutou. A bola foi na trave. Mas voltou para Lewandowski, quase na linha, tocar para a rede. Era a revirada, era o 4 a 3.

Aos 32, Yamal saiu para a entrada de Ansu Fati, Sob aplausos até da torcida rival. E foi acompanhar o restante do jogo no banco, ciente de que virou uma baita sombra tanto para Fati quanto para o brasileiro Raphinha (que não jogou pois estava cumprindo suspensão). E a torcida barcelonista é só felicidade.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.