Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Barcelona tem valor estipulado para negociar Raphinha

Clube catalão considera, como venda ideal, valor equivalente a quase R$ 580 milhões

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/Barcelona

Apesar do desejo de reforçar seu plantel para a temporada 2024/2025, o Barcelona sabe da necessidade de negociar atletas para minimizar sua delicada situação financeira. Com isso, o nome do atacante brasileiro Raphinha é visto como figura de possível saída na atual janela.

Dentro do planejamento do clube, a quantia vista como ideal para sua venda é de 100 milhões de euros. Na atual cotação, o valor em questão significaria R$ 579,1 milhões em negócio que simbolizaria um alto lucro para o Barça com o atleta. Isso porque, mesmo com bônus contratuais estipulados, o máximo pago ao Leeds-ING, em julho de 2022, era de 67 milhões de euros. Na época, R$ 365 milhões.

Entretanto, o Barcelona tem fleixibilidade em conversas com possíveis interessados no futebol de Raphinha. Por isso, é possível que os catalães baixem a pedida para, no máximo, € 90 milhões (R$ 521,2 milhões). Esse, aliás, é visto como um patamar de negociação mais realista pelos próprios diretores culés, segundo informação do ‘Mundo Deportivo’.

Publicidade

Neste momento, o clube que teve maior caráter de procura para saber mais informações foi o Al-Hilal, equipe árabe que já conta com larga presença de brasileiros no elenco. Além de Neymar, lá estão Malcom, Michael (com saída especulada na atual janela) e Renan Lodi.

Ponto de inflexão

Publicidade

Apesar de todo o contexto soar como favorável a uma possível venda de Raphinha, esse planejamento esbarra em um importante ponto no departamento de futebol do Barcelona. Isso porque o técnico Hansi Flick, na avaliação de elenco, considera o brasileiro peça importante e não tem o desejo de ver o Barça se desfazendo dele.

Seja como for, a situação só deve ter um desfecho em julho, já que o avante de 27 anos está com a Seleção Brasileira na disputa da Copa América. No empate em 0 a 0, contra a Costa Rica, ele formou o trio de ataque titular ao lado de Rodrygo e Vini Jr.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.