Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Bahia mantém escrita e atropela o Bragantino pelo Brasileirão

Tricolor tem atuação consistente e goleia o Massa Bruta por 4 a 0 na Arena Fonte Nova no início do returno

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Jogada10
Jogada10 Jogada10

No início do returno do Campeonato Brasileiro, o Bahia teve uma atuação consistente e goleou o Red Bull Bragantino por 4 a 0 na Arena Fonte Nova. Rezende, Vitor Hugo, Vinícius Mingotti e Cauly marcaram os gols dos donos da casa, que agora somam 21 pontos, o mesmo número do Santos, que é o primeiro dentro do Z4. O time paulista perdeu a chance de entrar no G4, estacionou nos 32 pontos e caiu para a sexta posição.

Na próxima rodada, o Tricolor de Aço visita o líder Botafogo, domingo (27), às 16h (de Brasília), no Nilton Santos. O Massa Bruta, por sua vez, recebe o Cuiabá no Nabi Abi Chedid, às 11h (de Brasília), no mesmo dia. Sendo assim, com o triunfo, o Bahia manteve a escrita de nunca ter perdido para a equipe paulista em Salvador

ESQUADRÃO NA FRENTE

Com a força da torcida, o Bahia necessitava da vitória para se afastar do perigo da zona de rebaixamento e iniciar bem o returno. Sendo assim, se lançou ao ataque e abriu o placar nos primeiros minutos da etapa inicial. Cauly cobrou escanteio, mas a defesa do Bragantino não conseguiu afastar e a bola sobrou para Rezende. O camisa 5 chutou no canto e estufou a meta de Cleiton.

PAREDÃO TRICOLOR

A partir da desvantagem, os visitantes passaram a levar perigo ao gol de Marcos Felipe, que teve grande atuação. Na primeira chegada, Sorriso cobrou falta com força e obrigou o arqueiro a fazer uma grande defesa. Em outros dois momentos, o goleiro defendeu duas finalizações de Thiago Borbas.

Publicidade

THACIANO PERIGOSO

O jogador foi responsável por dar dinamismo ao meio de campo tricolor e incomodou a defesa do Massa Bruta em duas oportunidades. Na primeira, recebeu bom passe de Cauly, mas mandou por cima. Em seguida, tabelou com Ademir, porém foi travado no momento do chute pelo arqueiro Cleiton.

XERIFE COMEMORA

Em outra bola parada, Cauly cobrou escanteio com categoria e encontrou Vitor Hugo na área. Nesse sentido, o zagueiro teve liberdade para saltar, cabecear para o fundo da rede e ampliar o marcador na Arena Fonte Nova.

Publicidade

NÃO VALEU

Dessa forma, o Bahia voltou a ter uma chance de marcar e conseguiu. Vinícius Mingotti recebeu um belo lançamento e teve liberdade para avançar em velocidade e tirar o goleiro da jogada. No entanto, o árbitro assinalou impedimento, que logo foi confirmado pelo VAR poucos minutos depois.

CONTRA-ATAQUE DE ALMANAQUE

Na volta do intervalo, o Bahia teve tranquilidade para segurar o ímpeto do adversário e explorar as brechas pelos lados. Em suma, Ademir disparou pela direita com muita velocidade e deixou os defensores para trás. Portanto, o atacante cruzou rasteiro para Luan Cândido completar e marcar o terceiro gol do Tricolor.

Publicidade

NA TRAVE

Em outro bom momento do Bahia no segundo tempo, Thaciano recebeu na entrada da área e teve a chance de finalizar. Nesse sentido, o meio-campista soltou a bomba e a bola tocou na trave de Cleiton. Minutos depois, Matheus Gonçalves, do Bragantino, não aproveitou o rebote de uma bola na área adversária e mandou por cima.

SHOW NA FONTE NOVA

Sem piedade, os donos da casa esperaram o momento certo para sacramentar a goleada em mais um contra-ataque. Gilberto roubou a bola e tabelou com Everaldo até chegar à linha de fundo. Por fim, o lateral acertou o cruzamento, na medida, para Cauly marcar o quarto gol, para delírio da torcida.

BAHIA 4X0 RED BULL BRAGANTINO 20ª rodada do Brasileirão Série A

Data e horário: 20/8/2023 às 16h (de Brasília)

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

BAHIA: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Vitor Hugo e Camilo Cándido (Mateus Bahia 33’/2T); Rezende (Acevedo 19’/2T), Thaciano e Cauly; Ademir (Everaldo 19’/2T), Vinícius Mingotti (Vitor Jacaré 16’/2T) e Rafael Ratão (Yago Felipe 33’/2T). Técnico: Renato Paiva

BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado – intervalo) , Luan Patrick, Léo Ortiz (Lucas Rafael 3’/2T) e Luan Cândido; Jadsom (Matheus Gonçalves 17’/2T), Matheus Fernandes, Gustavinho; Sorriso, Thiago Borbas (Alerrandro 17’/2T) e Bruninho (Vitinho 3’/2T). Técnico: Pedro Caixinha.

Gols: Rezende, 8’/1ºT (1-0); Vitor Hugo, (37’/1T) (2-0); Vinícius Mingotti (14’/2T) (3-0); Cauly (38’/2T) (4-0)

Público e renda: 

Árbitro: Arthur Gomes Rabelo (ES)

Assistentes: Rordrigo Figueiredo (Fifa-RJ) e Márcia Bezerra (RO)

VAR: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)

Cartão Amarelo: Rezende e Kanu (BAH) / Aderlan, Matheus Gonçalves e Jadsom e Andrés Hurtado (BRA)

Cartão Vermelho:

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.