Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Augusto Melo fala em traição e culpa opositores por rompimento com patrocinadora

Presidente do Corinthians concedeu coletiva e explicou saída da VaideBet como patrocinadora máster do clube e já mira novos acordos

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Augusto Melo fala em ‘traição’ e culpa opositores por rompimento com a VaideBet Reprodução/Youtube Corinthians TV

O presidente do Corinthians, Augusto Melo, concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (10) para responder questionamentos sobre as polêmicas que cercaram o clube durante a última semana. A que mais atingiu o Parque São Jorge foi o rompimento com a patrocinadora máster VaideBet.

Afinal, após acusações de que o Corinthians teria usado uma ”laranja” para fechar o acordo, a VaideBet decidiu por encerrar a parceria com o clube. De acordo com o mandatário, toda essa confusão é culpa de opositores que não querem o bem do clube.

“Os opositores que não querem o bem do Corinthians, que não aceitam que perderam a eleição. Será que querem o bem do Corinthians? Trabalho para o próximo, quanto mais eu deixar o Corinthians melhor, melhor será. Muitas pessoas não querem o bem do Corinthians e usam isso para nos deixarmos com problemas financeiros”, disse Augusto Melo, que prosseguiu.

“Essa gestão está resgatando grandes empresas, nomes e quem acredita no Corinthians e na torcida, que dá retorno para quem investe no Corinthians. Essas pessoas não querem o bem do Corinthians, ao contrário do que eles tentam, vamos crescer e conseguir ainda mais. É uma reformulação total e esse pessoal não aceita, o Corinthians está mudando de patamar. Pegamos o clube em uma situação muito pior, logo vocês vão saber a realidade”.

Publicidade

Augusto Melo fala em traição dentro do Corinthians

O presidente do Timão ainda citou ”traição” dentro do clube e admitiu que errou ao colocar algumas pessoas dentro do Corinthians. Além disso, Augusto Melo explicou o motivo de comprar a briga ao lado do diretor Marcelo Mariano, que teve sua demissão recomendada pelo diretor financeiro Yun Ki Lee, mas que foi recusada pelo mandatário.

“Não existe nada provado. Existe o que vocês falaram, é isso o que mais me chateia. Traição. Estou colocando de novo na rota, errei em colocar algumas pessoas aqui. Amigos estarão da porta para fora, os que estão aqui hoje são de verdade e têm competência. A Polícia está verificando quem colocou e quem está envolvido. O nosso compromisso é o Corinthians”, disse o mandatário, que seguiu.

Publicidade

“O Marcelo Mariano está no clube há vários anos, um diretor competente e até que se prove o contrário. Eles que provem o que falaram. Não existiu nenhum requerimento sequer, tem coisas muito complicadas em cima disso. Não existe isso, existiu ameaça. Se não é lei, mas é ético afastar… é ético por quê? Eu brigaria por qualquer um, se está lá é minha confiança e tem autonomia. Será esclarecido”, completou.

Além disso, o mandatário também explicou sobre o possível intermediário no acordo com a VaideBet.

Publicidade

“É um absurdo as pessoas lançarem isso nas redes sociais. Acabou sendo feita a negociação, foi para o meu jurídico e nesse contrato ele analisou as duas empresas, tanto patrocinadora quanto a intermediadora. A outra empresa é outro problema. Foi levantada as duas empresas, passou pelo jurídico, compliance e meu secretário geral. Pedi para pararem pagar, então são contratos mensais. As empresas pagam antecipados, se param de pagar o contrário é rescindido”, disse.

Presidente já mira novos patrocinadores

Por fim, Augusto Melo disse que mesmo com a confusão com a VaideBet, o Corinthians segue com credibilidade no mercado. Além disso, disse que já conversa com outras empresas para acertar novos patrocínios.

“A credibilidade continua porque já fui procurado, estava em uma viagem conhecendo clubes, empresas e que possa implantar aqui dentro. Sou humildade, atencioso ao contrário do que falam. Eu falo o necessário, a verdade e nunca deixei de atender ninguém. O Corinthians está cada vez mais com credibilidade com essa gestão, largando família e toda a minha diretoria trabalhando. Essa diretoria acredita, está mudando o Corinthians e colocando novamente na sua rota, tirando de onde colocaram eles”, disse o presidente.

“Tivemos esse problema, mas sabem que ganhamos novamente a credibilidade e querem que essas empresas se afastem do clube. Vocês viram o Mercado Livre, uma empresa que estávamos conversando. Até nós da diretoria colocamos dinheiro do bolso, imagina o que eles perderam”, finalizou Augusto.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.