Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Atuações do Brasil contra a Inglaterra: ficou barato. Seleção jogou para fazer 3 a 0

Atuações do Brasil contra a Inglaterra: ficou barato. Seleção jogou para fazer 3 a 0

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

BENTO - Trabalho facilitado pela má pontaria dos ingleses. Quando os adversários melhoraram, espalmou uma bola mais complicada.
BENTO - Trabalho facilitado pela má pontaria dos ingleses. Quando os adversários melhoraram, espalmou uma bola mais complicada. BENTO - Trabalho facilitado pela má pontaria dos ingleses. Quando os adversários melhoraram, espalmou uma bola mais complicada. (Jogada 10 - Galerias)
DANILO - Teve que subir ao ataque para despertar Raphinha. Cumpriu sua missão, porém, destacou-se mais em quisitos defensivos, como a proteção e o congestionamento do lado esquerdo de ataque dos ingleses. Mesmo cansado, aguentou o tranco - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/CBF
DANILO - Teve que subir ao ataque para despertar Raphinha. Cumpriu sua missão, porém, destacou-se mais em quisitos defensivos, como a proteção e o congestionamento do lado esquerdo de ataque dos ingleses. Mesmo cansado, aguentou o tranco - NOTA: 6,5 - ... DANILO - Teve que subir ao ataque para despertar Raphinha. Cumpriu sua missão, porém, destacou-se mais em quisitos defensivos, como a proteção e o congestionamento do lado esquerdo de ataque dos ingleses. Mesmo cansado, aguentou o tranco - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/CBF (Jogada 10 - Galerias)
FABRÍCIO BRUNO - Não sentiu o peso da estreia pela Seleção. Dois cortes em lances que poderiam resultar em problemas, em bolas que pipocaram na pequena área do Brasil. Bem seguro, anulou os atacantes da Inglaterra - NOTA: 8,0 - Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
FABRÍCIO BRUNO - Não sentiu o peso da estreia pela Seleção. Dois cortes em lances que poderiam resultar em problemas, em bolas que pipocaram na pequena área do Brasil. Bem seguro, anulou os atacantes da Inglaterra - NOTA: 8,0 - Foto: Gilvan de Souza/Fl... FABRÍCIO BRUNO - Não sentiu o peso da estreia pela Seleção. Dois cortes em lances que poderiam resultar em problemas, em bolas que pipocaram na pequena área do Brasil. Bem seguro, anulou os atacantes da Inglaterra - NOTA: 8,0 - Foto: Gilvan de Souza/Flamengo (Jogada 10 - Galerias)
BERALDO - Instável, no início. Sem o mesmo brilhantismo do companheiro, soube ser o coadjuvante da zaga central. Bem posicionado, tirou algumas bolas que foram lançadas à área e não sofreu com os chuveirinho dos ingleses. Melhorou ao longo do clássico - NOTA: 7,0 - Foto: Divulgação/PSG
BERALDO - Instável, no início. Sem o mesmo brilhantismo do companheiro, soube ser o coadjuvante da zaga central. Bem posicionado, tirou algumas bolas que foram lançadas à área e não sofreu com os chuveirinho dos ingleses. Melhorou ao longo do clássico ... BERALDO - Instável, no início. Sem o mesmo brilhantismo do companheiro, soube ser o coadjuvante da zaga central. Bem posicionado, tirou algumas bolas que foram lançadas à área e não sofreu com os chuveirinho dos ingleses. Melhorou ao longo do clássico - NOTA: 7,0 - Foto: Divulgação/PSG (Jogada 10 - Galerias)
WENDELL - Tentou dribles, sem sucesso. Chegou atrasado na marcação e deixou a desejar na cobertura. Saiu, no fim, para a entrada de Bremer - NOTA: 5,5 - Foto: Divulgação/Porto
WENDELL - Tentou dribles, sem sucesso. Chegou atrasado na marcação e deixou a desejar na cobertura. Saiu, no fim, para a entrada de Bremer - NOTA: 5,5 - Foto: Divulgação/Porto WENDELL - Tentou dribles, sem sucesso. Chegou atrasado na marcação e deixou a desejar na cobertura. Saiu, no fim, para a entrada de Bremer - NOTA: 5,5 - Foto: Divulgação/Porto (Jogada 10 - Galerias)
GUIMARÃES - Qualificou a saída de bola da Seleção e carimbou a maioria das jogadas de ataque da Seleção. Jogou como se estivesse no Newcastle. O simples, tornando as coisas mais fáceis. Classe A. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Douglas Luiz - NOTA: 8,0 - Foto: Vitor Silva/CBF
GUIMARÃES - Qualificou a saída de bola da Seleção e carimbou a maioria das jogadas de ataque da Seleção. Jogou como se estivesse no Newcastle. O simples, tornando as coisas mais fáceis. Classe A. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Douglas Luiz -... GUIMARÃES - Qualificou a saída de bola da Seleção e carimbou a maioria das jogadas de ataque da Seleção. Jogou como se estivesse no Newcastle. O simples, tornando as coisas mais fáceis. Classe A. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Douglas Luiz - NOTA: 8,0 - Foto: Vitor Silva/CBF (Jogada 10 - Galerias)
GOMES - Um carrapato na marcação. Travou um duelo interessante contra Bellingham. Mais importante defensivamente, com roubadas de bola. Na frente, não foi tão efetivo - NOTA: 6,5
GOMES - Um carrapato na marcação. Travou um duelo interessante contra Bellingham. Mais importante defensivamente, com roubadas de bola. Na frente, não foi tão efetivo - NOTA: 6,5 GOMES - Um carrapato na marcação. Travou um duelo interessante contra Bellingham. Mais importante defensivamente, com roubadas de bola. Na frente, não foi tão efetivo - NOTA: 6,5 (Jogada 10 - Galerias)
PAQUETÁ - O homem do primeiro tempo. Apesar de abusar das faltas, soltou-se rápido e posicionou-se por dentro, colocando Vini e Rodrygo na cara do goleiro adversários. Ambos, porém, desperdiçaram. Quando teve a sua chance, caprichou, mas a bola beijou a trave e passou raspando em seus disparos - NOTA: 7,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF
PAQUETÁ - O homem do primeiro tempo. Apesar de abusar das faltas, soltou-se rápido e posicionou-se por dentro, colocando Vini e Rodrygo na cara do goleiro adversários. Ambos, porém, desperdiçaram. Quando teve a sua chance, caprichou, mas a bola beijou ... PAQUETÁ - O homem do primeiro tempo. Apesar de abusar das faltas, soltou-se rápido e posicionou-se por dentro, colocando Vini e Rodrygo na cara do goleiro adversários. Ambos, porém, desperdiçaram. Quando teve a sua chance, caprichou, mas a bola beijou a trave e passou raspando em seus disparos - NOTA: 7,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF (Jogada 10 - Galerias)
RAPHINHA - Poderia participar mais do jogo. Na hora de definir pecou. Além disso, não deu prosseguimento às jogadas. Deveria ter saído mais cedo. Cedeu sua vaga a Savinho, no segundo tempo - NOTA: 5,0 - Foto: Staff Images/CBF
RAPHINHA - Poderia participar mais do jogo. Na hora de definir pecou. Além disso, não deu prosseguimento às jogadas. Deveria ter saído mais cedo. Cedeu sua vaga a Savinho, no segundo tempo - NOTA: 5,0 - Foto: Staff Images/CBF RAPHINHA - Poderia participar mais do jogo. Na hora de definir pecou. Além disso, não deu prosseguimento às jogadas. Deveria ter saído mais cedo. Cedeu sua vaga a Savinho, no segundo tempo - NOTA: 5,0 - Foto: Staff Images/CBF (Jogada 10 - Galerias)
RODRYGO - Participativo, ajudou na construção e não se omitiu das tabelas. Teve duas oportunidades. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Endrick - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/CBF
RODRYGO - Participativo, ajudou na construção e não se omitiu das tabelas. Teve duas oportunidades. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Endrick - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/CBF RODRYGO - Participativo, ajudou na construção e não se omitiu das tabelas. Teve duas oportunidades. Saiu, no segundo tempo, para a entrada de Endrick - NOTA: 6,5 - Foto: Vitor Silva/CBF (Jogada 10 - Galerias)
VINI JR. - Não estava tão bem. Ganhou dos marcadores no drible e na velocidade, suas duas armas contra a Inglaterra. Porém, pecou na conclusão. Teve uma chance claríssima e, sozinho, finalizou fraco. No fim, perdeu outra vez cara a cara. Sua sorte, porém, era ter um Endrick ao lado. Saiu, no fim, para a entrada de Maia - NOTA: 5,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF
VINI JR. - Não estava tão bem. Ganhou dos marcadores no drible e na velocidade, suas duas armas contra a Inglaterra. Porém, pecou na conclusão. Teve uma chance claríssima e, sozinho, finalizou fraco. No fim, perdeu outra vez cara a cara. Sua sorte, por... VINI JR. - Não estava tão bem. Ganhou dos marcadores no drible e na velocidade, suas duas armas contra a Inglaterra. Porém, pecou na conclusão. Teve uma chance claríssima e, sozinho, finalizou fraco. No fim, perdeu outra vez cara a cara. Sua sorte, porém, era ter um Endrick ao lado. Saiu, no fim, para a entrada de Maia - NOTA: 5,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF (Jogada 10 - Galerias)
ANDREAS - Iniciou a jogada do gol brasileiro com um passe açucarado para Vini. Entrou e toma conta da armação de jogadas. Merece este crédito - NOTA: 7,0 - Foto: Divulgação/Fulham
ANDREAS - Iniciou a jogada do gol brasileiro com um passe açucarado para Vini. Entrou e toma conta da armação de jogadas. Merece este crédito - NOTA: 7,0 - Foto: Divulgação/Fulham ANDREAS - Iniciou a jogada do gol brasileiro com um passe açucarado para Vini. Entrou e toma conta da armação de jogadas. Merece este crédito - NOTA: 7,0 - Foto: Divulgação/Fulham (Jogada 10 - Galerias)
ENDRICK - Eternizou o seu nome ao marcar em Wembley. Lance em que teve somente o trabalho de colocar para a rede. Mas estava lá para ser o herói, mesmo, nos acréscimos, perdendo uma chance clara - NOTA: 7,5 - Foto: Joilson Marconne/CBF
ENDRICK - Eternizou o seu nome ao marcar em Wembley. Lance em que teve somente o trabalho de colocar para a rede. Mas estava lá para ser o herói, mesmo, nos acréscimos, perdendo uma chance clara - NOTA: 7,5 - Foto: Joilson Marconne/CBF ENDRICK - Eternizou o seu nome ao marcar em Wembley. Lance em que teve somente o trabalho de colocar para a rede. Mas estava lá para ser o herói, mesmo, nos acréscimos, perdendo uma chance clara - NOTA: 7,5 - Foto: Joilson Marconne/CBF (Jogada 10 - Galerias)
SAVINHO - Ajudou a puxar contra-ataques quando a Seleção teve ainda mais espaço. No fim, tentou provocar algumas faltas - NOTA: 6,0 - Foto: Divulgação/Girona
SAVINHO - Ajudou a puxar contra-ataques quando a Seleção teve ainda mais espaço. No fim, tentou provocar algumas faltas - NOTA: 6,0 - Foto: Divulgação/Girona SAVINHO - Ajudou a puxar contra-ataques quando a Seleção teve ainda mais espaço. No fim, tentou provocar algumas faltas - NOTA: 6,0 - Foto: Divulgação/Girona (Jogada 10 - Galerias)
DOUGLAS LUIZ - Não deixou a peteca cair, apesar de entrar no lugar do melhor jogador do time nos 90 minutos. Limitou-se mais à marcação - NOTA: 6,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF
DOUGLAS LUIZ - Não deixou a peteca cair, apesar de entrar no lugar do melhor jogador do time nos 90 minutos. Limitou-se mais à marcação - NOTA: 6,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF DOUGLAS LUIZ - Não deixou a peteca cair, apesar de entrar no lugar do melhor jogador do time nos 90 minutos. Limitou-se mais à marcação - NOTA: 6,5 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF (Jogada 10 - Galerias)
MAIA - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA
MAIA - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA MAIA - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA (Jogada 10 - Galerias)
BREMER - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA
BREMER - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA BREMER - Entrou no fim. Fica, portanto, SEM NOTA (Jogada 10 - Galerias)
TÉCNICO: DORIVAL JÚNIOR - Poderia ser criticado por convocar muitos nomes de sua confiança. Respondeu a esta questão com uma seleção destemida em Wembley. O Brasil, em mau momento, jogou melhor contra uma das melhores seleções do planeta. Só demorou um pouco a tirar Raphinha - NOTA: 7,0 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF
TÉCNICO: DORIVAL JÚNIOR - Poderia ser criticado por convocar muitos nomes de sua confiança. Respondeu a esta questão com uma seleção destemida em Wembley. O Brasil, em mau momento, jogou melhor contra uma das melhores seleções do planeta. Só demorou um... TÉCNICO: DORIVAL JÚNIOR - Poderia ser criticado por convocar muitos nomes de sua confiança. Respondeu a esta questão com uma seleção destemida em Wembley. O Brasil, em mau momento, jogou melhor contra uma das melhores seleções do planeta. Só demorou um pouco a tirar Raphinha - NOTA: 7,0 - Foto: Rafael Ribeiro/CBF (Jogada 10 - Galerias)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.