Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Athletico volta a vencer Operário e vai à final do Paranaense

Um dia após fazer 100 anos, Athletico repete vitória do primeiro jogo, elimina o Operário e decide título paranaense com o Maringá

Jogada 10|

Foto: Reprodução/redefuracao.com.br
Foto: Reprodução/redefuracao.com.br Foto: Reprodução/redefuracao.com.br (Jogada 10)

Exatamente um dia depois de completar 100 anos de fundação, o Athletico Paranaense garantiu sua classificação para a final do Campeonato Estadual. Nesta quarta-feira (27), a equipe derrotou o Operário por 1 a 0, garantindo seu lugar na decisão. Na partida de ida, o Furacão já vencera por 2 a 1. Assim, irá se encontrar com o Maringá, na decisão que começa no próximo fim de semana.

Primeiro tempo

Com o resultado nas mãos, o Athletico achou dificuldades na primeira etapa. O Operário, por outro lado, acreditava na classificação e o goleiro Léo Linck – substituto de Bento, que não voltou a tempo da Seleção – precisou fazer pelo menos duas boas defesas. Ainda assim, foi o time da casa que abriu o placar, aos 42 minutos. Erick recuperou a bola, lançou para Mastriani e o argentino fez o pivô para Zapelli bater no canto e marcar o primeiro gol do centenário rubro-negro.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Operário voltou a assustar em chute de Felipe Augusto, que saiu pela linha de fundo. A essa altura, o Athletico já segurava o jogo e apostava apenas nos contra-ataques. A melhor chance foi com Thiago Heleno, numa bicicleta, mas a defesa cortou. Pablo também esteve perto de aumentar, no fim, mas perdeu. Maxwell ainda pediu um pênalti para os visitantes, mas a arbitragem nada marcou. Assim, a festa foi toda do Athletico, com direito a mosaico para comemorar a data histórica e a classificação à final.

ATHLETICO 1×0 OPERÁRIO

Publicidade

Semifinais do Campeonato Paranaense – Jogo de volta

Data e horário: 27/03/2024, às 20h (de Brasília)

Publicidade

Local: Ligga Arena, em Curitiba (PR)

Público: 35.298 pagantes

Publicidade

Renda: R$ 1.228.565,00

ATHLETICO: Léo Linck; Léo Godoy (Madson, 24’/2ºT), Thiago Heleno, Kaique Rocha e Esquivel (Fernando, 42’/2ºT); Fernandinho, Erick, Christian e Zapelli (Alex Santana, 24’/2ºT); Julimar (Cuello, 32’/2ºT) e Mastriani (Pablo, 24’/2ºT). Técnico: Cuca.

OPERÁRIO: Rafael Santos; Guilherme Pacheco (Erik Bessa, 22’/2ºT), Alemão, Willian Machado e Pará; Índio, Vinícius Diniz (Paraíba, 21’/2ºT) e Cássio Gabriel (Guilherme Pira, 14’/2ºT, depois Luidy, 31’/2ºT); Claudino (Maxwell, 14’/2ºT), Felipe Augusto e Ronaldo. Técnico: Rafael Guanaes.

Árbitro: Paulo Roberto Alves Jr.

Assistentes: Leandro Polli Glugoski e Andrey Luiz de Freitas

VAR: Rodolpho Toski Marques

Cartões amarelos: Zapelli, Julimar, Alex Santana (CAP); Guilherme Pacheco, Alemão, Rafael Santos, Willian Machado (OPE)

Gol: Zapelli, 42’/1ºT (1-0)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.