Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Athletico vence Atlético-GO de virada e se firma no G6 do Brasileirão

Furacão superou o Dragão por 2 a 1, em Goiânia, e manteve invencibilidade histórica no retrospecto entre as equipes no Campeonato Brasileiro...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: José Tramontin/athletico.com.br

O Athletico buscou a virada para manter uma invencibilidade que perdura há 17 anos diante do Atlético-GO. Após sair atrás no placar, o Furacão fez valer a vantagem numérica para vencer o Dragão por 2 a 0, em pleno Antônio Accioly, e somar mais três pontos no Brasileirão. O confronto ocorreu pela 15ª rodada desta edição do campeonato.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira grande chance ocorreu aos 14 minutos, com Zapelli. Kaíque Rocha achou bom passe, Julimar aproveitou para tentar finalizar e a bola sobrou para o meia, que chutou de frente para o gol, mas a bola saiu em tiro de meta. O Dragão respondeu cinco minutos depois com Maguinho, após aproveitar o corte da zaga na falta de Shaylon.

Ronaldo protagonizou o grande momento da partida, aos 31 minutos. O goleiro do Atlético-GO se esticou para defender o desvio preciso de Emersonn, que aproveitou a jogada de Julimar pela esquerda. Os erros, contudo, predominaram em boa parte do primeiro tempo entre as equipes.

Publicidade

SEGUNDO TEMPO

O primeiro minuto do segundo tempo entrou na história de Luiz Fernando. Além de abrir o placar no Antônio Accioly, o atacante marcou 16º gol e de quebra se isolou na artilharia do Atlético-GO na história do Brasileirão. O camisa 11 chegou à marca após puxar de trás do meio-campo e mandar uma bomba na saída de Mycael.

Publicidade

Demorou três minutos para o furacão destruir o clima de festa na casa dos dragões em Goiânia. Pablo ganhou a disputa no ataque, desviou de cabeça e deixou Julimar de frente para o gol, que só precisou tocar por cobertura para empatar.

Jogadores do Atlético-GO e Athletico trocaram empurrões após uma falta marcada, aos 16 minutos. O clima ficou quente e sobrou cartão amarelo para Fernando, lateral curitibano, e Luiz Fernando. O negócio esquentou ainda mais depois da expulsão de Derek. Ao ser agarrado pelo defensor do CAP, o atacante do Dragão atingiu o zagueiro com uma forte cotovelada. O VAR acionou o árbitro em seguida para avaliar a punição com cartão vermelho e, após análise, o atleta goiano deixou os gramados. A resposta veio de forma imediata: virada athleticana com vantagem numérica.

A estratégia do Athletico deu certo em poucos minutos. Na primeira participação da dupla em campo, Fernandinho contribuiu com assistência para Di Yorio marcar o da virada do Furacão. Os atletas entraram aos 30′, e o gol saiu aos 32.

ATLÉTICO-GO X ATHLETICO

15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Antônio Accioly, Goiânia (GO)
Data: 7/7/2024
ATLÉTICO-GO: Ronaldo, Maguinho (Bruno Tubarão, 36’/2ºT), Adriano Martins, Alix, Guilherme Romão, Lucas Kal, Gabriel Baralhas (Alejo Cruz, 36’/2ºT), Rhaldney (Roni, 36’/2ºT), Shaylon (Yony González, 38’/2ºT), Luiz Fernando e Emiliano Rodriguez (Derek – intervalo). Técnico: Anderson Gomes
ATHLETICO: Mycael, Madson, Kaique Rocha, Mateo Gamarra, Fernando (Esquível, 29’/2ºT), Erick, Gabriel, Emersonn (Christian, 19’/2ºT), Julimar, Bruno Zapelli (Fernandinho, 29’/2ºT) e Pablo (Di Yorio, 30’/2ºT). Técnico: Juca Antonello
Gols: Luiz Fernando, 01’/2º T (1-0); Julimar, 04’/2ºT (1-1) e Di Yorio, 32’/2ºT (1-2)
Árbitro: João Vitor Gobi (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP/Fifa) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Fernando, Esquivel e Gamarra (CAP); Luiz Fernando (ACG)
Cartão vermelho: Derek (ACG)

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.