Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Atacante holandês condenado a 6 anos de prisão por tráfico

Quincy Promes, do Spartak Moscou, é investigado por participar da chegada de dois carregamentos de cocaína que chegaram do Brasil

Jogada 10|

Foto: Alessandro Garofalo/LaPresse
Foto: Alessandro Garofalo/LaPresse Foto: Alessandro Garofalo/LaPresse (Jogada 10)

O atacante holandês Quincy Promes, 32 anos, do Spartak Moscou, foi condenado a seis anos de prisão por tráfico de cocaína. O jogador estava sendo investigado por participar da chegada de mais de 1,35 tonelada da droga em dois carregamentos que chegaram ao porto de Antuérpia, na Bélgica, vindos do Brasil.

A decisão do Tribunal de Amsterdã saiu nesta quarta-feira (13). Promes recebeu a acusação de ter importado cocaína em janeiro de 2020, através do porto de Antuérpia. Além disso, ele também tinha a suspeita de envilvimento com uma organização criminosa e mexer com tráfico de drogas.

Contudo, esta não é a primeira condenação do jogador. Quincy Promes também acabou condenado a 18 meses de prisão por esfaquear seu primo em julho de 2020. Aliás, o jogador acabou acusado de tentativa de homicídio. Contudo, não houve provas ou testemunhas suficiente para dizer que o atleta tentou matar a vítima. Por outro lado, o advogado do jogador, Robert Malewicz disse em entrevista à agência de notícias holandesas ‘ANP’, que Promes está “decepcionado com a justiça de seu país”.

Quincy Promes jogou pelo Ajax em 2019. E, em 2021, o jogador trocou o time holandês pelo Spartak. No mesmo ano, ele chegou a jogar a Eurocopa com a seleção holandesa. Mas deixou de ser convocado desde então.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.