Jogada 10 Astro do Manchester City que brigou com Felipe Melo tem casa invadida e prejuízo de R$ 6 milhões

Astro do Manchester City que brigou com Felipe Melo tem casa invadida e prejuízo de R$ 6 milhões

 Jogador inglês que trocou empurrões com o atleta do Flu após a final do Mundial teve joias e relógios furtados pelos criminosos

Jogada 10
Jack Grealish teve prejuízo de R$ 6 milhões ao ter casa roubada

Jack Grealish teve prejuízo de R$ 6 milhões ao ter casa roubada

Reprodução/Instagram @jackgrealish

O atacante Jack Grealish, um dos destaques do Manchester City na final do Mundial de Clubes da Fifa, teve sua casa invadida por criminosos na última quarta-feira (27). O atleta sofreu um prejuízo de R$ 6 milhões em joias. A informação foi divulgada pela imprensa britânica. Familiares do jogador estavam reunidos na mansão, em uma confraternização, quando ouviram barulhos no andar de cima da casa.

A noiva do atleta e dez familiares dele estavam no local quando perceberam o barulho. As autoridades enviaram um helicóptero, por temer que o caso tivesse reféns.

Apesar da segurança da área, os bandidos entraram e conseguiram fugir com relógios e joias avaliadas em 1 milhão de libras (aproximadamente R$ 6,2 milhões).

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O City liberou o jogador para resolver as questões particulares. A polícia, aliás, retornou ao local e buscou evidências sobre a ação dos bandidos.

Vale ressaltar que Grealish foi o atleta que se envolveu em uma grande confusão na decisão do Mundial de Clubes, após a vitória do Manchester City, por 4 a 0, no estádio King Abdullah, em Jedá, na Arábia Saudita. Ele trocou empurrões com Felipe Melo, e, depois, o brasileiro esclareceu que o atleta do City havia faltado com respeito aos atletas do Fluminense.

O astro do City, no entanto, rebateu as acusações e ressaltou que “nem uma vez disse olé”.

Grealish defende o City desde 2021. Naquele ano, os Citizens pagaram por ele 117 milhões de euros (R$ 600 milhões na época) ao Aston Villa. É o jogador mais caro da história do clube de Manchester.

Felipe Melo briga com jogador do Manchester City após a partida; confira imagens da confusão

Últimas