Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Arthur Jorge avisa: vai ter mudança na Seleção feminina na final contra os EUA

Técnico diz que ganhar título da Copa Ouro seria bom, mas que analisar jogadoras e testar estratégias são importantes rumo à França...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Leandro Lopes/CBF
Foto: Leandro Lopes/CBF Foto: Leandro Lopes/CBF (Jogada 10)

Na noite deste sábado (9/3),  na coletiva da véspera da final da Copa Ouro entre Brasil e EUA, o técnico Arthur Jorge, foi curto e grosso. Disse que todos verão mudanças em relação aos últimos jogos. Mas não é por deficiência, pois ele se mostra muito satisfeito com a evolução e o amadurecimento da equipe durante a competição. E lembra que o Brasil tem campanha 100% (cinco vitórias). O motivo, ele explica:

“Em cada jogo mudei a equipe titular, mudei as estratégias. Temos sempre um plano de saída e um plano durante o jogo. E ele vem sendo assimilado pelo elenco. Contra os Estados Unidos não será diferente”.

Muito respeito aos Estados Unidos

Mas, testar novas estratégias diante uma seleção poderosa como é a americana, que em 39 jogos contra o Brasil ganhou 31 e perdeu apenas três? Seria isso pelo fato dos EUA não estar jogando tão bem, pois perdeu para o México e só avançou à final vencendo o Canadá nos pênaltis? Com a palavra, Arthur Jorge.

“O time americano é muito forte. Perdeu para o México num jogo fora da curva. Não foram bem e, depois se recuperaram e estão na final. Nós também tivemos um jogo fora da curva na estreia, quando jogamos mal, mas vencemos (1 a 0 sobre Porto Rico). Sabemos que vamos enfrentar uma equipe forte. Mas também somos fortes e está mais do que na hora da Seleção mostrar em campo a alegria, o talento e nosso amadurecimentos durante a competição. É claro que os EUA vão chegar nas nossas linhas, terão bolas paradas perigosas. Entretanto, estamos num caminho de eficiencia e temos estratégias para esta final”, disse.

Publicidade

O Brasil encara os EUA às 22h15 (de Brasília) nesta final da Copa Ouro. A partida deste domingo (10/3) será no Snapdragon, em San Diego. Caso vença e conquiste o título, será a primeira vez que a Seleção feminina venceria as americanas numa final.

Técnico Arthur Jorge analisará novas jogadoras

Arthur Jorge fez questão de frisar que o objetivo principal da Copa Ouro era analisar jogadoras visando os Jogos Olímpicos. E que este objetivo foi alcançado. Contudo, o período de análise não acabou. Dessa forma, seu próximo passo será convocar novas atletas para a She Believes Cup, em abril.

Publicidade

“Farei uma nova convocação em poucos dias e a ideia é chamar jogadores que não estão aqui na Copa Ouro. Quero fazer mais análises visando os Jogos da França.”

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.