Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Arsenal derrota o Tottenham e pressiona o City

Gunners beiram, a perfeição no primeiro tempo, abrem 3 a 0 e veem Toffs reagirem marcando dois no segundo tempo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Ben Stansall/AFP via Getty Images

O Clássico do Norte de Londres terminou com vitória por 3 a 1 do Arsenal, fora de casa, sobre o Tottenham, neste domingo (28), no Tottenham Hotspur Stadium. Os visitantes abriram 3 a 0 no primeiro tempo, com Hojbjerg (contra), Saka e Havertz. Na segunda etapa, Romero  e Son, de pênalti,  diminuíram a vantagem do Arsenal.

O resultado aumentou a vantagem dos Gunners na ponta da tabela. Com 80 pontos, o clube está com quatro a mais do que o Manchester City. Entretanto, o time de Guardiola tem dois jogos a menos. Com a derrota, os Toffs estacionam na quinta posição, com sessenta pontos. O mau resultado impediu a equipe de se aproximar do Aston Villa na luta pela presença na Champions League na temporada 2024-25.

O Tottenham volta a campo na próxima quinta-feira (2), fora de casa, contra o Chelsea. Já o Arsenal recebe o Bournemouth, sábado (4).

Veja a tabela aqui da Premier League

Publicidade

Arsenal massacra no primeiro tempo

O Arsenal começou muito bem e chegou a fazer um belo gol com Havertz, aos 13. Mas anulado por impedimento de Odegaard, que recebeu a bola e deu o passe para o atacante alemão mandar para a rede. O lance animou ainda mais o Arsenal, que passou a jogar em cima. E chegou ao 1 a 0 aos 16. Após conrabnça de escanteio,  Hojbjerg tentou conrtar e fez contra.

Publicidade

O lance acordou o Tottenham, Romero teve duas boas chances e os Spurs, aos 22, colocou a bola para dentro do gol. Mas Van de Ven estasva impedido. A melhora de produção dos Toffs, contudo, recebeu um duro golpe logo em seguida. O Arsenal retomou a bola em sua área e fez 2 a 0 em um contra-ataque fulminante,com direito a um lançamento de cinema de Declan Rice para Saka, que se livrou do marcador e concluiu à perfeição.

O pesadelo dos anfitriões, entretanto, ainda não acabara. Absolutos no jogo, os Gunners chegaram ao terceiro gol aos 37. Rice cobrou escanteio fechado e Harvertz cabeceou sem chances para Vicario.

Publicidade

Segundo tempo

Ainda que permancendo com o jogo sob seu domínio, o Arsenal foi menos agudo na segunda etapa. Com grande vantagem, procurou controlar o jogo tendo mais a posse de bola. Ainda assim, o quarto gol quase saiu aos 7 minutos. Havertz cruzou da ponta esquerda e Vicario fez milagre em conclusão do Saka.

O quarto gol parece questão de tempo. Entretanto, uma falha do goleiro Raya na saída de bola permitiu ao Tottenham sonhar. Romero recebeu o presente do espanhol e diminuiu a desvantagem aos 18 minutos.

Na reta final, o que inicialmente parecia ser uma vitória com autoridade dos visitantes ganhou contornos dramáticos. Rice cometeu pênalti em Ben Davies e, aos 41, Son fez o segundo gol dos anfitriões. Sendo assim, o estádio virou um caldeirão, mas o placar não foi mais alterado.

Jogos da 35ª rodada do Campeonato Inglês

Sábado (27/4)
West Ham 2×2 Liverpool
Wolverhampton 2×1 Luton Town
Fulham 1×1 Crystal Palace
Newcastle 5×1 Sheffield United
Manchester United 1×1 Burnley
Everton 1×0 Brentford
Aston Villa 2×2 Chelsea
Domingo (28/4)
Bournemouth 3 x 0 Brigthon
Tottenham 2 x 3 Arsenal
Nottingham Forest x Manchester City – 12h30

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.