Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Apresentação de Bernard tem indícios de fraude; diretor do Atlético denunciado

Filho do diretor de comunicação do clube ganha chuteiras de Bernard e causa desconforto interno dentro do Galo

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Foto: Divulgação/Atlético

O jogo entre Atlético e Fortaleza, no domingo, 23 de junho, na Arena MRV, ficou empatado em 1 a 1. No entanto, antes da partida pelo Campeoanto Brasileiro, o Galo promoveu a apresentação oficial de Bernard, um dos principais reforços do clube mineiro na temporada. Todavia, o que era para ser um dia festivo virou denúncia de indícios de fraude contra o diretor de comunicação, André Lamounier.

Antes de a bola rolar, o Galo fez a apresentação. No entanto, diante dos números abaixo do esperado nas vendas de ingressos, o clube pensou em promover ações promocionais. A ideia foi rapidamente aceita dentro do clube. Entre elas, seria dar chuteiras de Bernard para torcedores que estivessem com a nova camisa do craque atleticano.

Os ganhadores do prêmio foram dois garotos. As imagens da TV do clube mostraram, incansavelmente, ambos com a camisa 20 – novo número de Bernard. O jogador entregou nas mãos dos garotos as chuteiras. O vídeo mostra todos contentes, alegres, satisfeitos e sorridentes.

Publicidade

Até aí tudo bem se não fosse um pequeno detalhe: um dos jovens era filho de André Lamounier, diretor de comunicação do Atlético, e o outro um amigo do garoto. A informação foi revelada pelo jornalista Victor Martins e confirmada pelo Jogada10.

A diretoria do clube também foi pega de surpresa, segundo apuração do J10. Aliás, a situação gerou desconforto e André foi denunciado no compliance do clube, e o assunto, agora, é resolvido internamente.

Publicidade

Diretor se defende

A reportagem tentou contato com o clube para saber se teria algum posicionamento oficial a respeito do assunto. Todavia, horas depois, André conversou com o “ge”. Ele se defendeu e ressaltou que jamais colocaria o próprio filho em uma situação assim.

Publicidade

“É óbvio que eu não ia fazer nenhuma ação, não ia permitir nenhuma ação e nem expor meu filho em um negócio desses”, ressaltou o comunicador. Ele ainda tentou explicar a situação e como tudo ocorreu.

“Tinha uma câmera ali, a câmera pega e mostra algumas outras pessoas com a camisa antiga do Bernard, que não servia, não era o número, não eram da Adidas e tal. Aí acha ele (o filho), mostra ele, aí o Bernard lá na hora falou: ‘chama eles para vir pra cá’. Aí o pessoal falou: ‘vocês podem vir pra cá’? O meu filho foi lá, chegou lá para cumprimentar o Bernard, e ele pegou e deu a chuteira pra cada um deles. Já não tava no roteiro, não tava previsto”, acrescentou.

O diretor de comunicação do Galo, inclusive, garantiu que procurou o departamento de compliance para informar o caso.

“Na terça-feira, falei: ‘esse negócio não está certo, eu fui surpreso’. Vou procurar o compliance e a diretoria. Disse, olha, aconteceu isso. (…) Eu trouxe as chuteiras, e elas serão doadas para o acervo do clube. Ainda tomei o cuidado, procurei a diretoria, esclareci esse assunto, falei que aconteceu isso”, concluiu.

Atlético se posiciona

O Galo se manifestou sobre a revelação horas depois – embora tenha sido procurado bem antes pelo Jogada10. O clube, todavia, ressaltou que o chamado de Bernard que ocasionou a situação.

“Esclarecemos que, em primeiro lugar, a ação não estava prevista nesse formato, com a entrada de torcedores em campo, tampouco a entrega das chuteiras para estes torcedores. Isso se deu em decorrência de um chamado do jogador no momento da ação”.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.