Jogada 10 Apesar da perda do título do Brasileirão, Patrick de Paula exalta ‘grande ano’ do Botafogo

Apesar da perda do título do Brasileirão, Patrick de Paula exalta ‘grande ano’ do Botafogo

Fora dos jogos desde fevereiro deste ano, por conta de grave lesão no joelho esquerdo, Patrick detalha período difícil durante a recuperação...

Jogada 10
Foto: Vítor Silva/Botafogo

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Jogada 10

Reforço mais caro da história do Botafogo, Patrick de Paula ficou fora da temporada de 2023 por conta de uma grave lesão que sofreu no joelho esquerdo ainda em fevereiro. Assim, acompanhou como torcedor o ano da equipe de General Severiano, que terminou com um gosto amargo com a perda do título brasileiro. No entanto, para o volante, o time fez um grande ano. Mas, de qualquer forma, 2024 já está batendo na porta e os alvinegros precisam pensar na próxima temporada.

“Não falo que deu errado, porque o Botafogo fez um grande ano. Temos que valorizar isso. Infelizmente não veio o título, mas isso faz parte do futebol. Tudo pode acontecer. Mas não deu errado, deu certo porque o trabalho que temos feito é muito bom e nós valorizamos isso. Agora é esquecer (o que passou) e focar no próximo ano”, disse ao “Extra”.

“Nós estivemos sempre juntos, fizemos de tudo e brigamos até a última rodada. O Campeonato Brasileiro é um dos mais difíceis, todos os times são muito bons. Nós não jogamos sozinhos, temos bons adversários. Fizemos um ano muito bom. Mas agora é esquecer o que aconteceu esse ano e aproveitar as férias, porque ano que vem tem mais”, completou.

Período lesionado

A lesão de Patrick no início do ano frustrou não só o próprio jogador, mas também os torcedores do time carioca que se animaram com a contratação dele. A compra do Botafogo, em março de 2022, foi por R$ 33 milhões, por 50% dos direitos do volante, que tem contrato até o fim de 2026. Sobre o período lesionado, Patrick ressaltou o apoio que recebeu dos alvinegros. Além disso, fala sobre a expectativa pelo retorno aos gramados e revelou sonho de disputar uma Copa do Mundo.

“Primeiro quero me recuperar bem, voltar a jogar, ter confiança, para poder ajudar o Botafogo, porque o clube e o grupo me ajudaram muito nesse momento da lesão. Muitos conversaram comigo. Podem esperar coisas boas, eu voltando a jogar e estando feliz dentro de campo”, detalhou.

“Hoje quero voltar a jogar. Foi uma lesão muito grave, nunca imaginei que passaria por isso. Mas tenho um grande sonho de jogar em grandes times, como o Botafogo, chegar na seleção, jogar a Copa do Mundo. Vou trabalhar para isso acontecer”, complementou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas