Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

António Oliveira aponta problemas emocionais no Corinthians

Derrota para o Botafogo gera críticas da torcida e António Oliveira diz que cansaço mental dos atletas seria a causa do baixo rendimento...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Reprodução de vídeo YouTube

A derrota do Corinthians para o Botafogo por 1  a 0 na Neo Química Arena neste sábado (1/6) causou uma enxurrada de queixas da Fiel contra os jogadores e o técnico António Oliveira. Afinal, além da perda do jogo em si, o resultado representa a entrada do Timão na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Além disso, ainda marca uma conquista inédita para o Botafogo, que pela primeira vez venceu o Corinthians no estádio inaugurado em 2014.

Sob críticas, António Oliveira disse que o motivo do baixo rendimento do time é o cansaço mental. Assim, para ele,  problemas emocionais dos atletas determinaram o resultado negativo. E a solução seria um período de folga para convivência com a família. E isso será possível, já que o Corinthians só terá outro jogo no dia 11 de junho.

“Não vou concentrar os jogadores, vou liberá-los. Com essa maratona de jogos e densidade competitiva, sobra pouco espaço para estarmos estáveis. E essa estabilidade é a família. Precisamos desfrutar da família para voltarmos novamente frescos”, afirmou.

Portanto, o time tem nove dias de preparação – e também de descanso, de acordo com o técnico – para a partida contra o Atlético Goianiense pela oitava rodada do Brasileirão.

Publicidade

Nas redes sociais, torcedores pediram reforços no time, atribuindo a derrota à necessidade de novas contratações de atletas. Por outro lado, houve quem se queixasse especificamente do técnico.

“António Oliveira teve quase duas semanas de treinos e agora vai ter mais um período de data FIFA. Vamos ver se tem capacidade de organizar minimamente esse time”, postou um torcedor.

Publicidade

António Oliveira cita Wesley : Nem ele foi decisivo

Ao enfatizar que o problema do time foi emocional, António Oliveira lembrou que, nos 30 minutos finais do jogo contra o Botafogo, os jogadores tiveram que pressionar.

Publicidade

“Tivemos de ir pra cima e nós fomos. Precisamos encher o balão novamente para dar uma resposta. Um jogador que costuma ser decisivo e hoje não foi é o Wesley. Mas ele tem feito um trabalho extraordinário. Agora temos que ganhar , ir em busca de pontos para subir na tabela”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.