Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

América-MG marca no fim, vence Red Bull Bragantino nos pênaltis e avança na Sul-Americana

América-MG marca nos acréscimos do segundo tempo, leva partida para os pênaltis e elimina o rival dentro da Neo Química Arena

Jogada 10

Jogada 10|Do R7


Jogada10
Jogada10

O América-MG teve uma noite de quinta-feira (10) épica na Neo Química Arena. O Coelho estava sendo eliminado da Copa Sul-Americana, mas arrancou o empate por 3 a 3 com o Red Bull Bragantino nos acréscimos e garantiu a vaga após a disputa por pênaltis (4 x 3).

A classificação teve falha do goleiro Pasinato, o uruguaio Mastriani fazendo dois gols, e o goleiro Cavichioli – que entrou no segundo tempo – como um dos heróis. Ele defendeu duas cobranças e selou a vitória.

O América-MG terá pela frente o Fortaleza nas quartas de final. A Conmebol ainda irá divulgar datas e horários das partidas.

Primeiro tempo eletrizante em Itaquera

O Red Bull Bragantino não precisou de tantos esforços para ficar em vantagem nos primeiros minutos da partida, aos 4. O goleiro Pasinato cometeu uma falha na saída de bola, e Sorriso aproveitou o vacilo para colocar o Massa Bruta à frente na Neo Química Arena.

Publicidade

Em desvantagem, o América-MG se lançou ao ataque e equilibrou o jogo. Paulinho Boiá e Mastriani – que entrou no lugar do volante Javier Méndez – foram as principais opções ofensivas. O uruguaio aproveitou um vacilo dos defensores dos donos da casa para empatar, aos 45.

A partir dos acréscimos, a partida ficou eletrizante. Dois gols em dois minutos. O Red Bull Bragantino contou de novo com o oportunismo de Sorriso, após bela assistência de Juninho Capixaba, aos 47. O Coelho empatou na sequência: Éder, aos 49, aproveitou uma bola alçada na área e cabeceou para o gol. As equipes foram ao vestiário com o confronto aberto.

Publicidade

América-MG consegue gol salvador nos acréscimos

O Red Bull Bragantino retomou para a etapa final com três mudanças e teve o controle. A vantagem no placar veio com Léo Ortiz, aos 11. O zagueiro arrancou com a bola, se livrou dos defensores e finalizou com categoria para vencer o goleiro Matheus Cavichioli.

Com mais posse de bola (52% x 48%), o Massa Bruta parecia ter a confiança na vaga. Porém, o América-MG foi aguerrido e buscou o gol de empate nos acréscimos. Mastriani fez em cobrança de pênalti e manteve o sonho vivo pela classificação.

Publicidade

Vaga do América-MG vem nos pênaltis

Um dos heróis do América-MG na partida foi o goleiro Matheus Cavichioli. Ele entrou no lugar de Pasinato, que havia falhado, pegou duas cobranças e colocou o Coelho na próxima fase do torneio (4 x 3).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.