Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Álvaro Pacheco revela se deve estrear pelo Vasco contra o Fortaleza

Treinador português respondeu a jornalista brasileiro em embarque para o Rio de Janeiro, falando até sobre Philippe Coutinho

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Vitoria de Guimarães

O técnico Álvaro Pacheco já está a caminho do Rio de Janeiro para assumir o Vasco, sua primeira experiência longe de casa. E, em entrevista no aeroporto de Lisboa, neste domingo (19), antes de embarcar, o comandante falou pela primeira vez como técnico cruz-maltino.

Foi ao jornalista Leonardo Baran, em seu canal no YouTube. Assim, o português revelou que não deve estrear na terça-feira (21), contra o Fortaleza, pela terceira fase da Copa do Brasil. Ele afirma que não deverá ser inscrito a tempo.

“Eu penso que ainda não. Eu penso que não foi possível a minha inscrição, mas vamos estar no estádio a torcer juntamente com eles (torcedores) para sermos capaz de ultrapassar essa eliminatória da Copa, que é um objetivo muito importante para nós”, revelou.

E Coutinho?

Publicidade

Pacheco também falou sobre Philippe Coutinho, jogador que está perto de retornar ao Gigante da Colina. Sem entrar em maiores detalhes, o treinador rasgou elogios ao craque, cria do Vasco.

“Eu acho que o passado, a história falam por si. É um jogador muito querido pela torcida, é um jogador que passou por tudo, fez uma carreira brilhante. É um jogador que é fantástico. Ainda não falei com a comitiva, mas a seu tempo vamos conversar. Agora o que eu posso dizer é que é um jogador brilhante”, disse.

Publicidade

LEIA MAIS: Ao J10, jornalista de Portugal revela métodos de Álvaro Pacheco

O português afirmou também que conhece a história do clube. Brevemente, ele revelou que deseja ajudar o clube e seus torcedores.

Publicidade

“É um clube enorme, tem uma história. E vou com muita vontade de ajudar o Vasco e os vascaínos a continuar a fazer história pro Gigante da Colina”, frisou.

Por fim, o jornalista, utilizando uma boina, perguntou sobre o característico item do treinador, que também estava trajado de uma. Ele deseja que os torcedores também possam aderir à moda, mas que o mais importante é, segundo ele, a “paixão e energia”.

“Mais importante é a paixão, a energia que eles passam. Isso é muito importante para o que vamos tentar fazer ao longo da temporada. E sem dúvida nenhuma os torcedores vascaínos são especiais e, se estiverem de boina, mais especiais ainda ficam”, finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.