Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Álvaro Pacheco rescinde contrato e tem caminho livre para fechar com o Vasco

Treinador não comanda mais o Vitória de Guimarães, porém, data de chegada ao Cruz-Maltino ainda não foi definida. Veja bastidores de...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Divulgação/Vitoria de Guimarães

O Vasco tem o caminho livre para concretizar a negociação com o treinador Álvaro Pacheco. O profissional rescindiu seu contrato com o Vitória de Guimarães. Inclusive, nem comandou o treino da equipe, nesta quarta-feira (15). Conforme apuração do Jogada10, as tratativas estão avançadas com o Cruz-Maltino, mas ainda não há uma definição de quando ele embarca para o Brasil.

Assim, há a possibilidade de o técnico fazer sua estreia pelo Gigante da Colina, já no duelo contra o Flamengo. O clássico será válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro e ocorre, às 21h, no Maracanã, com mando do Vasco, neste sábado (18).

O J10 teve acesso a detalhes dos bastidores da saída conturbada de Álvaro Pacheco do Vitória de Guimarães. Confira:

Publicidade

O presidente do Vitória, António Miguel Cardoso, tinha tudo acordado entre todas as partes. Ou seja, entre Vasco e Guimarães.  Álvaro faria, então, o último jogo diante do Arouca. Depois, sairia. Mas, nas últimas horas, houve uma reviravolta. O mandatário fez uma ameaça, dizendo o seguinte: ou Álvaro sairia imediatamente ou não liberaria o comandante da equipe até o fim do contrato, no final de junho.

Com a situação, Álvaro Pacheco sentiu-se triste e injustiçado, pois queria fazer o último jogo. Foi, portanto, retirado à força do Vitória. Assim, houve o entendimento de que foi desligado para não bater a campanha de melhor pontuação da equipe em sua história no Campeonato Português.

Publicidade

Jogada10 já havia antecipado que, mesmo com uma multa rescisória de um milhão de euros (R$ 5,5 milhões na cotação atual), o Vasco não precisaria pagá-la para fechar com Álvaro.

Problemas com o Vitória de Guimarães facilitam saída para o Vasco

Publicidade

Em coletiva, o presidente do Vitória de Guimarães, António Miguel Cardoso, confirmou a informação do J10 e esclareceu a saída do técnico.

“O treinador sai a custo zero porque, perante um treinador que a três dias do fim da temporada pretende sair, o clube não pode ficar refém de uma situação destas. Temos de ter alguém no comando que se preocupe”, explicou o mandatário.

O relacionamento do comandante com a diretoria do clube português já havia sido abalado em episódio anterior, quando ele recebeu uma proposta do Cuiabá e se reuniu com os cartolas do Dourado, mesmo recusando a oferta.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.