Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Afastado, hotel que recebe a Seleção Brasileira é tradicional no futebol

Nos arredores de Londres, Sopwell House reúne as condições ideiais para dar tranquilidade à Seleção neste início da era Dorival Júnior...

Jogada 10

Jogada 10|Do R7

Foto: Felipe David Rocha/Jogada10
Foto: Felipe David Rocha/Jogada10 Foto: Felipe David Rocha/Jogada10 (Jogada 10)

Afastado da metrópole de Londres, com uma impecável discrição entre seus frequentadores e tradicional no âmbito do futebol. Essas são as características do Sopwell House, localizado na cidade de St. Albans, hoje com 70 mil habitantes a 35 km do centro londrino. Mais uma vez a escolha da CBF para receber a Seleção Brasileira na Inglaterra – já havia sido assim na Olimpíada de 2012 na capital inglesa.

E de lá pra cá, houve mudanças para tornar o ambiente ainda mais irresistível. Das oito opções de quartos na década passada, um pulo para dez, com valores que variam entre 250 e 400 libras a diária (o que pode chegar a R$ 2.700,000. Assim, o (pasmem) hotel quatro estrelas preserva seus requintes de sofisticada e tranquila casa de campo inglesa.

Não foi por acaso. Afinal, o objetivo é o de “resgatar” aqueles que buscam fuga do conturbado cotidiano de Londres. O foco ainda está em oferecer um spa aos seus hóspedes, embora o espaço conte com algumas academias. O ideal, na visão da CBF, para escapar das desvantagens da agitação.

Hotel tem recordações da Seleção

O histórico com clubes de futebol se torna notório nas paredes de alguns corredores do hotel, decoradas com utensílios assinados e emoldurados, em especial flâmulas e camisas. Um de seus principais clientes, o English Team, volta e meia utiliza as dependências do local. Não à toa, detém a maior quantidade de recordações no hotel. O Brasil não foca atrás e é representado com camisas da Seleção de 2012, 2005, 2000 e, em especial, 1994, com assinaturas mais destacadas de Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho.

Publicidade

Comissão técnica e jogadores estão alojados em dois andares. Comida brasileira é o que não falta, inclusive com cozinheiros que atendem, inclusive, solicitações mais fitness. O lazer fica por conta de televisões com programação de canais brasileiros.

O ambiente projetado para o sossego da Seleção pode incluir, inclusive, um pulinho para o centro de St. Albans, conhecido por abrigar construções históricas, como uma torre de relógio e uma catedral datados dos séculos XV e XI, respectivamente.

Publicidade

Para o retiro tranquilo e aguardado, espera-se uma Seleção vibrante no sábado diante da Inglaterra em Wembley, o que faria jus ao local que remete lembranças de um Brasil que busca o renascimento das cinzas.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.