Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Adryelson, do Botafogo, fala sobre sonho de chegar à Seleção: ‘No tempo de Deus’

Destaque do Alvinegro no ano, zagueiro também agradece apoio da torcida e dupla com Víctor Cuesta

Jogada 10|

Jogada10
Jogada10 Jogada10

Um dos pilares da irretocável campanha do Botafogo é o entrosamento e a qualidade do setor defensivo, que sofreu apenas onze gols no Campeonato Brasileiro. Em campo, Adryelson tem tomado conta da zaga e formado uma dupla consistente com Víctor Cuesta, fazendo que uma possível convocação entrasse em pauta. No entanto, o técnico Fernando Diniz não incluiu o camisa 34 na lista para os duelos contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias da América do Sul.

Após o triunfo por 3 a 0 sobre o Bahia, Adryelson respondeu sobre sua ausência na lista oficial. Assim, essa foi a primeira convocação do comandante interino, que irá dividir as atenções entre Seleção e Fluminense antes da chegada do treinador Carlo Ancelotti. Antes de assumir, o italiano irá finalizar a atual temporada 2023/24 no comando do Real Madrid.

“Todo jogador espera ser convocado um dia. Pelo grande campeonato que estamos fazendo, não só eu, mas como toda a equipe e tem aquela esperança de ser convocado. Mas tudo no tempo de Deus vai acontecer”, salientou Adryelson, na zona mista.

APOIO DA TORCIDA

Além disso, o zagueiro também enalteceu a festa da torcida alvinegra, que lotou o Nilton Santos em mais um triunfo pelo Brasileirão. Dessa forma, a equipe carioca segue com 100% de aproveitamento sob seus domínios com onze triunfos em seu estádio. Aliás, quando o jogador efetua um desarme ou interceptação, os torcedores reproduzem um som de latido para celebrar sua boa fase.

Publicidade

“Agradeço muito à torcida, sempre quando tiro a bola, dá uma confiança a mais, essa é a verdade. É muito trabalho que temos feito na nossa linha defensiva, eu e o Cuesta. É resultado do dia a dia dos treinos, agora é dar continuidade”, concluiu.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Na próxima rodada, o Botafogo terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no sábado (2), às 21h (de Brasília), no Nilton Santos. Antes disso, os comandados de Bruno Lage viajam para a Argentina, onde encaram o Defensa y Justicia, pelo jogo de volta das quartas da Copa Sul-Americana. Portanto, após o empate por 1 a 1 no Rio, o Alvinegro precisa vencer para ficar com a vaga e caso empate novamente, terá decisão por pênaltis.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.