Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Abel celebra mais uma semifinal no Palmeiras: ‘Parece fácil, não é?’

Verdão empatou sem gols com o Deportivo Pereira no Allianz Parque, mas avançou e segue com o sonho do tetra da Libertadores

Jogada 10|

O Palmeiras empatou sem gols com o Deportivo Pereira, nesta quarta-feira (30), no Allianz Parque e se classificou para a semifinal da Libertadores. O Verdão não precisou fazer muito esforço na partida, já que no duelo de ida venceu por 4 a 0 e já estavam com a classificação encaminhada. Aliás, o técnico Abel Ferreira ressaltou o grande jogo feito na Colômbia, para falar do embate sem muitas emoções no Brasil.

Na avaliação do técnico Abel Ferreira, que testou uma formação com três zagueiros na partida desta noite, o time colombiano veio para São Paulo com a missão de não deixar o Palmeiras jogar.

“Acho que foi um jogo muito truncado, com muitos duelos. Nosso adversário veio para não nos deixar jogar, e não tinham nada a perder. Tiramos as esperanças deles lá, e vieram para cá sem nada a perder. Acabou sendo um jogo não muito bem jogado. Mas fizemos o que normalmente fazemos, com a saída com três, agora com mais um centroavante na frente. O Flaco tem que segurar mais a bola de costas, é um aspecto a melhorar”, disse Abel Ferreira, em coletiva após a partida.

Abel fala em turbulência, mas valoriza elenco

Além disso, o treinador valorizou mais uma semifinal no Palmeiras. O Verdão chegou a quarta seguida na Libertadores e valorizou o seu elenco e as conquistas nos anos anteriores.

Publicidade

“A turbulência aqui é criada pela própria cultura esportiva. Eu achava que o único clube sem turbulência era o Botafogo, em primeiro. O resto está em turbulência. Já ganhamos dois títulos, estamos disputando uma que está difícil, e agora na semifinal da Libertadores. Temos a ilusão de sempre. Parece fácil, né? Quarta vez na semifinal. É isso mesmo. Sabemos como funciona o futebol, vamos ganhar, vamos perder, elogiados, criticados, mas o importante é sabermos onde estamos e onde queremos chegar”, falou o treinador que prosseguiu.

“Durante esse caminho, teremos turbulências. Temos que fazer o melhor, com o máximo esforço. Não sei se vamos ganhar, mas desde que estou aqui, todo ano, temos sido campeões e conquistado coisas positivas. É fundamental para os jogadores saberem lidar com esses momentos de turbulência. Há pessoas que se esquecem que no futebol existem três resultados possíveis. Mas é bom que nossos jogadores sabem disso. O ganhar nem sempre é consequência. O resultado toma conta dele. Temos que fazer o que sabemos, que é jogar futebol”, concluiu Abel.

Publicidade

Agora, o Palmeiras encara o Boca Juniors, nas semifinais da Libertadores. A Conmebol ainda não divulgou oficialmente datas e horários das partidas, o que deve ser feito logo após a confirmação de todos os classificados, mas elas serão nas semanas de 27 de setembro e 4 de outubro. Por ter melhor campanha geral na primeira fase, o Verdão decide a vaga na final no Allianz Parque.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.