Esportes Jô responde críticas com gol e diz entender cobranças: 'Conheço bem o clube'

Jô responde críticas com gol e diz entender cobranças: 'Conheço bem o clube'

Jô deu a resposta em campo às críticas dos torcedores que o cobraram por ter usado no último fim de semana uma chuteira que consideraram verde, cor do arquirrival Palmeiras. Vestindo chuteiras azuis, o atacante foi fundamental no triunfo por 2 a 1 sobre o Sport na Neo Química Arena ao participar do primeiro gol, marcado contra por Iago Maidana, e anotar o segundo.

Cria do "terrão", Jô disse entender o lado da torcida e falou sobre a importância de ter balançado as redes neste momento adverso para ele, que sofreu multa da diretoria do Corinthians por conta da controversa chuteira que a Nike disse ser azul. O experiente atacante de 34 anos não marcava um gol há um mês.

"Estou feliz, tranquilo, sou um cara do bem, procuro ajudar a todos, cresci no clube, conheço bem a história do clube, respeito a torcida. Tem cobrança, é natural o torcedor do Corinthians cobrar. Sei como é que é e tenho que responder dentro de campo", resumiu.

Com o gol diante do Sport, o atacante está perto de igualar Ángel Romero como maior artilheiro da Neo Química Arena. O paraguaio, hoje no San Lorenzo, balançou as redes do estádio 27 vezes, uma a mais que Jô, que já é, ao lado de Dentinho, o maior goleador do Corinthians no século - são 55 bolas na rede.

"Fui feliz em fazer o gol para essa torcida, que merece", pontuou. "O Corinthians pede maturidade, determinação, entrega. Saímos de campo cansados, desgastados, mas com os três pontos".

O Corinthians aparece em posição intermediária na tabela de classificação, com oito pontos, e volta a campo domingo, às 16 horas. O duelo, válido pela sétima rodada do Brasileirão, é contra o Fluminense, no Maracanã.

Últimas