Esportes Jiménez celebra volta ao futebol após lesão na cabeça: 'Milagre eu estar aqui'

Jiménez celebra volta ao futebol após lesão na cabeça: 'Milagre eu estar aqui'

O atacante mexicano Raúl Jiménez falou pela primeira vez sobre a grave lesão na cabeça que sofreu em novembro do ano passado, quando se chocou com o brasileiro David Luiz na partida entre Arsenal e Wolverhampton, pelo Campeonato Inglês. O jogador teve um traumatismo craniano e ficou oito meses fora dos gramados.

"Os médicos me disseram que era um milagre estar aqui. Na fratura do crânio, houve um pouco de sangramento no cérebro. O osso quebrado estava empurrando meu cérebro para dentro e é por isso que a cirurgia tinha que ser rápida. Foi um trabalho muito bom dos médicos", disse Jimenez ao jornal inglês The Guardian.

O retorno do atacante de 30 anos aos gramados aconteceu na primeira rodada do Campeonato Inglês, na derrota do Wolverhampton por 1 a 0 para o Leicester City. Apesar de se "sentir novamente um jogador", o mexicano contou que correu risco de nunca mais jogar futebol.

"A fratura no crânio demorou um pouco mais do que esperávamos para cicatrizar, mas é um milagre estar aqui", disse. "Nunca pensei em terminar minha carreira ou parar de jogar. Havia uma chance disso, mas sempre tive certeza de que voltaria."

Desde que voltou a treinar, Jiménez tem usado uma faixa protetora acolchoada para amenizar possíveis impactos no local da lesão. Por ele, o adereço seria ignorado, mas segue as recomendações médicas. "Me sinto bem o suficiente para fazer isso sem o protetor de cabeça, mas sei que tenho que estar na mesma linha que os médicos e cirurgiões."

Últimas