Esportes Jardine reforça desejo de ter Neymar nos Jogos Olímpicos: 'Um sonho pra mim'

Jardine reforça desejo de ter Neymar nos Jogos Olímpicos: 'Um sonho pra mim'

Após anunciar a convocação da seleção brasileira olímpica nesta sexta-feira, o técnico André Jardine reforçou o desejo de ter Neymar no elenco que vai disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, entre julho e agosto. O treinador afirmou que poder contar com o craque do Paris Saint-Germain é "um sonho" e que a negociação para tê-lo no grupo está sendo conduzida pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo.

"Poder contar com o Neymar é um sonho não só para mim, mas acho que para qualquer treinador de qualquer equipe. Obviamente que só eu e o Tite podemos ter esse privilégio em seleções. Mas é uma questão mais sensível, que está sendo tratada diretamente pelo nosso presidente", ressaltou Jardine, durante entrevista coletiva nesta sexta após o anúncio dos jogadores convocados para os amistosos da seleção olímpica.

"Acredito que em pouco tempo teremos uma resposta sobre isso. Dentro da grande ideia de a gente ter a seleção mais forte possível para os Jogos Olímpicos. Então, ter um jogador como o Neymar vai muito ao encontro dessa máxima e desse objetivo que a gente tem. E ele quer (jogar a Olimpíada)", explicou o técnico.

A lista final para a Olimpíada de Tóquio tem limite de 18 atletas, incluindo os três jogadores com mais de 24 anos - o adiamento dos Jogos fez o Comitê Olímpico Internacional (COI) modificar a regra e aumentar em um ano o limite de idade. André Jardine não quis sinalizar o percentual que deve estar na última relação para a disputa olímpica.

Mas como o treinador mesmo já reiterou várias vezes, a presença de Neymar é um desejo de todos. O problema é que o Paris Saint-Germain tem a autonomia para não liberar o atacante. Além disso, a situação do craque brasileiro é a inda mais difícil em relação à sua presença na Olimpíada porque é provável que ele estará na lista de Tite para a Copa América, que vai terminar pouco antes do começo do torneio olímpico.

"É uma questão que realmente incomoda, a não certeza das coisas. Mas a gente conta muito com o desejo dos atletas. A Olimpíada é muitas vezes uma oportunidade única na carreira dos atletas. Queremos contar com todos e acreditamos que teremos todos porque Olimpíada é só de quatro em quatro anos, e todos manifestaram o desejo de participar", salientou o treinador.

Últimas