Esportes Iêda Guimarães termina em 36º no pentatlo moderno nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Iêda Guimarães termina em 36º no pentatlo moderno nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Iêda Guimarães encerrou na 36ª e última colocação, nesta sexta-feira, nas competições do pentatlo moderno feminino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira somou no total 430 pontos. A primeira colocada foi a britânica Kate French (1.385 - recorde olímpico), seguida pela lituana Laura Asadauskaite (1.368) e da italiana Alice Sotero (1.363).

Depois de ficar na 30ª posição na quinta-feira, com a disputa de esgrima, a brasileira não teve bom desempenho nesta sexta-feira. Ieda ficou em sexto e último lugar na sua bateria dos 200 metros livre na natação, perdeu o primeiro duelo na rodada bônus de esgrima, caiu do cavalo no hipismo e foi desclassificada no tiro/corrida.

Nas competições de esgrima no pentatlo, todos os competidores se enfrentam na rodada classificatória. As disputas têm um minuto e o primeiro a tocar o adversário vence. Se ninguém conseguir o toque, os dois são considerados perdedores.

Na natação, os atletas disputam uma prova contra o relógio. São 200 m estilo livre, enquanto no hipismo o competidor deve saltar com uma montaria desconhecida, destinada a ele por sorteio. Os atletas têm 20 minutos para se ajustar à montaria, executando cinco saltos de aquecimento. Na prova são 12 barreiras. O atleta deve cruzar a pista em um tempo determinado, com dedução de pontos por penalidades. Zerar a pista vale 1.100 pontos.

Já a corrida e tiro decidem a competição. A ordem de largada se baseia nos pontos acumulados nas três primeiras provas. O primeiro a largar é o atleta mais bem classificado. Os demais largam em intervalos de acordo com a sua pontuação: cada quatro pontos valem 1 segundo de intervalo. A corrida é uma prova cross-country de 3.200 m, intercalada com paradas a cada 800 m para o tiro. Vence quem completar primeiro o percurso.

Últimas